José Pinto Júnior

08/03/2019
Lá se foi o carnaval. O Rei Momo já deve ter devolvido a chave das cidades. Teve shows com artistas de outros estados e lá se foi o dinheiro arrecadado aqui para se investir Deus sabe onde. Quanto se gastou? Quanto foi embora? Não se sabe. 
 
Nada contra a alegria do carnaval. Mas sempre a favor da maior valorização dos artistas locais, nada contra. 
 
Ao Rei Momo coube a folia em pontos privilegiados das cidades. Aqueles pontos que os gestores se preocupam em limpar, fazer paradas de ônibus, podar árvores, pintar faixas de pedestres....
 
Dizem que o ano começa pra valer depois do carnaval. Quem sabe as ruas esburacadas em Nova Parnamirim sejam reparadas. Os canteiros cheios de lixo no bairro Vale do Sol sejam limpos. Quem sabe agora, que o carnaval passou, também passe o caminhão do lixo no bairro da Liberdade. 
 
Lá se foi a música e a alegria do carnaval. Pirangi foi festa. Antes passamos pelo bairro de Pium, onde o ginásio tem aspecto de abandonado. Falta parte do teto. O Rei Momo se foi e cidade vive a ressaca da gestão.