Cefas Carvalho

17/04/2019
Amigos e amigas me perguntaram em DM porque não me posicionei sobre o caso Danilo Gentilli, já que tenho o hábito de dar pitaco em tudo.
 
Boa pergunta. Talvez porque eu tenha considerado a questão tão óbvia que não valia a polêmica que se travou.
 
Primeiro porque "liberdade de expressão" significa não haver qualquer tipo de censura prévia e ninguém jamais censurou o "humorista" nem o impediu de falar.
 
Segundo porque qualquer pessoa que se sinta ofendida tem o direito de procurar a Justiça, como tantos já fizeram contra outros tantos. Injúria, calúnia e difamação são crimes, até onde sei.
 
Terceiro porque não vejo como chamar uma deputada de puta e esfregar um,a notificação judicial nos genitais possa soar como "humor" ou reagir contra isso possa ser classificado como "ser contra a liberdade de expressão".
 
Por fim, perguntaram se não acho a pena de prisão pesada demais. Sim, acho. Para mim, a punição deveria ser na parte mais sensível do corpo humano, o bolso. Mas, equívocos judiciais e excessos de juízes nada tem a ver com debate inútil sobre "liberdade de expressão". 
 
Uma outra é uma outra, outra coisa é outra coisa, como dizia Juarez Soares, mais filósofo que Olavo.
 
Próxima.