Venezuela fará recontagem de votos

19/04/2013

Por: Blog do BG

 

O CNE (Conselho Nacional Eleitoral) da Venezuela aceitou ampliar até 100% a auditoria dos votos contabilizados no sistema eletrônico do país, atendendo o pedido da oposição e após uma semana de tensão provocada pela vitória apertada do governista Nicolás Maduro na eleição presidencial de domingo.

Depois de mais de nove horas de reunião, a presidente do CNE, Tibisay Lucena, anunciou a decisão, precisando que passarão pela revisão 46% das urnas, já que 54% já foram auditadas no procedimento padrão realizado depois de cada votação.

Trata-se de uma vitória para o oposicionista Henrique Capriles, que anunciou no domingo que só reconheceria o triunfo de Maduro por uma diferença de menos de 1,7% dos votos se houvesse a auditoria –que ele chamou de “recontagem”, termo rejeitado pelo CNE.