Agências humanitárias pedem mais recursos para ajudar refugiados sírios

07/06/2013

Por: Agência Brasil

As agências humanitárias da Organização das Nações Unidas (ONU) pediram hoje (7) financiamento adicional para prestar assistência aos quase 7 milhões de sírios que precisam de ajuda para sobreviver. A crise na Síria, que dura 26 meses, levou os sírios a buscar refúgio em países vizinhos. Houve também deslocamentos internos. Os conflitos na Síria são causados pela disputa de poder entre o governo e a oposição.

A ONU calcula que existam aproximandamente 4 milhões de deslocados internos no território sírio, enquanto o número de refugiados nos países vizinhos, principalmente na Jordânia, no Líbano, no Iraque e na Turquia superou o número de 1,6 milhão.

A secretária-geral adjunta para Assuntos Humanitários da ONU, Valerei Amos, e o alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres, apresentaram hoje os novos dados e as despesas, em Genebra (Suíça).

Com base nos números apresentados por Amos e Guterres, as agências humanitárias solicitaram os fundos para financiamentos urgentes.

Fonte: Agência Brasil