BNB, IFRN e PN farão pareceria com CDL de Parnamirim

20/03/2018

Por: Redação do PN
Foto: Redação do PN

Durante café da manhã na sede do Potiguar Notícias, foi fechada parceria entre BNB, IFRN e CDL, com o objetivo de incentivar o uso de energia solar. As duas principais razões para os empreendedores aderirem são: diminuir as despesas com energia e tornar a marca ecologicamente correta.

Para o professor do IFRN Alexandre Vladno da Rocha, “A utilização da energia solar é uma tendência irreversível e tende a ficar mais barata”. O também docente do Instituto Felipe Quintas acredita que “A instituição está investindo em estudos e em aplicação de placas nas 21 unidades. No caso do IFRN de Parnamirim, já estão sendo, todos os meses, economizados 6 mil reais”.

Empresário da loja de materiais de construção “O Pinheirão”, Mailton Dantas também aderiu ao projeto de energia solar com financiamento do BNB. “O investimento vale a pena, pois o valor de 25% que paguei ao aderir ao projeto é equivalente a um ano de carência que o BNB me oferece. Durante esse período, fiquei pagando apenas R$ 60,00 à Cosern. Depois de um ano, voltei a pagar as placas com o mesmo preço que pagava de energia e, daqui a cinco anos, não pagarei mais nada, já que as placas duram 25 anos, ou seja, terei energia gratuita durante 19 anos”, explica.

Luciano Fabrício, gerente da agência do BNB de Parnamirim, contou que há pouca burocracia e que muitas empresas estão aderindo. “Com o cadastro aprovado, em dois meses o projeto é concluído, inclusive com uma taxa de juros baixíssima. Vale lembrar que as empresas que usam energia limpa valorizam sua marca em 30%.”, registrou.