Deputado Coronel Azevedo alerta para situação de clínicas de Hemodiális

27/03/2019


 
Diante das informações de que o Governo do Estado está regularizando o pagamento das clínicas de hemodiálise em Natal e no interior, o deputado Coronel Azevedo (PSL) voltou a chamar a atenção para o problema. O parlamentar havia apresentado requerimento solicitando a normalização dos repasses e o assunto foi debatido em plenário.
 
“Recebemos a informação há pouco de que os pagamentos estão sendo regularizados. É importante o Governo manter esse serviço em dia, pois já tínhamos informações de que algumas clínicas iriam reduzir o atendimento, prejudicando esses pacientes”, observou o deputado.
 
O assunto foi debatido em plenário por diversos deputados que fizeram aparte. Tomba Farias (PSDB) afirmou que a informação da regularização dos pagamentos já dá um grande alento.
 
Diante da informação sobre os pagamentos aos prestadores de serviço, o deputado Vivaldo Costa (PSD) parabenizou a governadora Fátima Bezerra (PT) por, “mesmo num momento de dificuldades nas finanças públicas, em que até o pagamento dos servidores está atrasado, priorizar esse serviço”.
 
Para Doutor Bernardo (Avante), um dos problemas mais graves estava ocorrendo em Pau dos Ferros, pois a clínica teve uma produção superior ao que estava firmado em contrato e foi preciso fazer um aditivo para se pagar o excedente.
 
O deputado Getúlio Rêgo (DEM) fez um alerta para a gravidade da situação: “Esse programa é remunerado pelo governo federal, é uma questão de vida ou morte, então é inconcebível atrasar o pagamento a essas clínicas, quero aqui pedir que não se repita mais porque as pessoas que tanto necessitam do procedimento não podem deixar para amanhã”, disse.
 
Na avaliação do deputado Gustavo Carvalho (PSDB) a situação está grave não somente na saúde: “Há um caos constatado, os limites estão sendo extrapolados mas o que estou vendo é uma inércia e falta de preparo da gestão”, criticou.  Para Kelps Lima (SDD), a governadora Fátima Bezerra tem responsabilidade na situação difícil, uma vez que foi aliada de gestões passadas.
 
A deputada Isolda Dantas (PT) ponderou que o “caos” vinha da gestão passada e no momento o governo está trabalhando para reverter a situação, inclusive cortando despesas. “O governo encontrou um verdadeiro desmando nesse Estado, vamos ter cautela porque esse desmando está sendo corrigido”, disse.