Escolas de Jundiá contam com climatização e prefeitura busca ampliar cultura

29/05/2019

Por: Redação PN
Foto: Reprodução
A secretária de educação do município de Jundiá, Ana Lúcia, falou a reportagem do PN sobre os investimentos em andamento na cidade. Jundiá está localizada há cerca de 70 quilômetros de Natal. Com salas climatizadas, as escolas municipais oferecem estrutura fisica e pedagógica para alunos especiais. A pasta da educação ainda realiza atividades culturais para resgatar as tradições da cidade. 
 
A secretária destacou que parte dos investimentos na climatização das escolas vieram do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) mas também o município atuou com recursos próprios para reestruturar as escolas. "Também foi feita pequenas reformas este ano, a parte de pintura e na parte hidráulica", destaca.
 
Para diminuir a evasão escolar, a educação do município desenvolve o projeto "Busca Ativa" que identifica jovens ainda em idade escolar que estão fora da sala de aula. "Com todo o vapor, tem o coordenador município, o supervisor e o verificador, em parceria entre educação, saúde e assistência. Buscar o aluno fora da escola entre 4 a 17 anos", comentou Ana Lúcia. 
 
Recentemente, o diário oficial da união deu aval para a criação da secretaria de cultura de Jundiá. A pasta ainda precisa passar pelo desmembramento e possuir diretrizes próprias. O coordenador de cultura do município, Antenor Mário, comentou que a cidade preserva a comunidade quilombola Arisco dos Pires, além do tradicional festejo junino. "Temos a emancipação política, além da festa da Padroeira da cidade - damos total apoio", disse.
 
A secretária Ana Lúcia, ainda falou sobre a questão financeira da educação municipal. Segundo ela, apenas a verba do FUNDEB não é suficiente. A administração local complementa os recursos educacionais com 35% a mais do total arrecadado. "O dinheiro do FUNDEB não dá para pagar nem a folha, ele [prefeito] ainda complementa com R$ 60 a R$ 70 mil. Não falta professor", destacou.