Gasto com presente do Dia dos Namorados será o maior em 4 anos, diz Fecomércio

05/06/2019


 
O Dia dos Namorados, comemorado no dia 12 de junho, véspera de Santo Antônio, o santo casamenteiro, é uma das mais importantes datas comemorativas do ano no que diz respeito à movimentação dos setores do comércio e serviços em todo o país. Diante disso, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC) da Fecomércio RN realizou a pesquisa de intenções de compras para a data em Natal e Mossoró.
 
A pesquisa do IPDC constatou que menos da metade dos potiguares pretende presentear neste Dia dos Namorados. Em Natal, o índice foi de 49,4% (contra 52,5% em 2018) e em Mossoró, de 47,7% (contra 47,2% em 2018). A intenção de compra de presentes é maior entre os consumidores do gênero masculino nas duas cidades (60,5% em Natal e 54,8% em Mossoró); com idade entre 16 a 24 anos em Natal (56,8%) e entre 25 a 34 anos em Mossoró (52,7%); com renda familiar entre seis e nove salários mínimos em Natal (61,5%) e acima de dez salários mínimos em Mossoró (66,7%).
 
O valor do gasto médio com os presentes é o maior dos últimos quatro anos nas duas cidades. Em Natal, será de R$ 125,39 (R$ 116,93 em 2016; R$ 119,97 em 2017; e R$ 124,72 em 2018); e em Mossoró será de R$ 122,16 (R$ 114,45 em 2016; R$ 117,05 em 2017; e R$ 120,59 em 2018). O tipo de pagamento mais utilizado deverá à vista (51,9% em Natal; 46,6% em Mossoró); seguido do cartão de crédito (29,9% em Natal; 34,9% em Mossoró).
 
Entre os motivos pelos quais os consumidores responderam que não vão presentear (50,6% em Natal; 52,3% em Mossoró), os principais apontados foram: não tem a quem presentear ou não possuem o hábito de presentear na data (56,2% em Natal; 61,6% em Mossoró); e a falta de dinheiro (24% em Natal e 27,8% em Mossoró).
 
A grande maioria afirmou que vai comprar apenas um presente (92,9% em Natal; 94,5% em Mossoró). As pessoas mais presenteadas no Dia dos Namorados serão esposas (os) (57,1% em Natal; 62,3% em Mossoró); namoradas (os) (39,8% em Natal; 32,6% em Mossoró); e noivas (os) (1,2% em Natal; 2,1% em Mossoró).
 
Os produtos mais procurados pelos entrevistados deverão ser as roupas (38,6% em Natal; 41,2% em Mossoró); os perfumes e cosméticos (17,8% em Natal; 18,1% em Mossoró); as joias, relógios e acessórios em Natal (12,1%) e calçados em Mossoró (8,8%).
 
Os locais mais procurados pelos entrevistados natalenses devem ser os shopping centers (57,5%), já os mossoroenses preferem o comércio de rua (56,7%) para ir às compras. A escolha dos presentes vai depender da qualidade do produto em Natal (40,2%), já em Mossoró o que definirá é o preço (45%). Nas duas cidades, as compras devem ser feitas na semana do dia 12 de junho (74,8% em Natal; 79% em Mossoró).
 
Além dos presentes, muitos casais fazem comemorações extras no Dia dos Namorados (40,5% em Natal e 38,6% em Mossoró). Em Natal, 25% pretende ir a um restaurante, e gastar até R$ 100 (44,6%). Em Mossoró, 24,6% pretende ir a um restaurante e gastar até R$ 100 (55,6%).
 
Em Natal, foram ouvidas 650 pessoas, entre os dias 13 e 15 de maio; e em Mossoró foram ouvidas 500 pessoas, entre os dias 16 e 18 de maio.
 
A íntegra das pesquisas está disponível no link: http://fecomerciorn.com.br/pesquisas/