José Pinto Júnior

04/07/2018
O eleitor potiguar terá muitas opções para votar para o Senado Federal em 7 de outubro deste ano. Vários partidos apresentam nomes.
 
O MDB sustenta a pré-candidatura do senador Garibaldi Alves. O Podemos lançou a pré-candidatura de Antônio Jácome. Ambos no palanque de Carlos Eduardo Alves do PDT.
 
No palanque de Robinson Faria (PSD), o pré-candidato ao Senado é o ex-governador Geraldo Melo (PSDB). Mas certamente apresentarão um segundo nome.
 
Ao lado de Fátima Bezerra (PT), o principal nome é Zenaide Maia (PHS). A preço de hoje, o segundo nome deverá ser indicado do PT. Entre os nomes colocados estão: Mota, Hugo e José Sobrinho. 
 
O PEN/Patriota do advogado Luiz Gomes, dispõe de dois nomes: O vereador por Natal Preto Aquino e o economista Douglas Azevedo.
 
O Solidariedade de Kelps Lima, apresenta a atleta Magnólia Figueiredo. Até agora Kelps não falou em um segundo nome.
 
O PSB de Fábio Dantas já percorre o RN, acompanhado de José Vieira, que é presidente licenciado do Sistema Faern/Senar.
 
O PSOL do professor Robério Paulino também terá dois candidatos ao Senado Federal: Laílson Almeida e Telma Gurgel. O pré-candidato do PSOL ao Governo do Estado é o professor e empresário Carlos Alberto Medeiros.
 
O PSTU apresentou dois nomes ao Senado, a educadora Ana Célia, e o líder comunitário de Mossoró, João Morais.
 
Já o pré-candidato da Rede Sustentabilidade ao Senado é João Napoleão, ele é guarda civil. O candidato ao Governo do RN pelo partido de Marina Silva, é Freitas Júnior.
 
Já o PSDC vai de Joanilson Rêgo, ele exerceu mandato de vereador em Natal.
 
Fala-se em possíveis pré-candidaturas de outros partidos nanicos. O fato é que quanto mais candidatos, melhor para Garibaldi que tem mandato.