José Pinto Júnior

15/01/2019
 
 
O que aconteceu e o que se diz em Parnamirim - Parte 2
 
 
Aconteceu na última eleição municipal: o então prefeito Maurício Marques apostou na candidatura de seu auxiliar Naur Ferreira. Mas, Naur teve complicações com a Justiça. Então, Maurício escolheu o então vereador Rosano Taveira, que era o amigo mais próximo depois de Naur.
 
Ademais, há ainda um nível de parentesco entre Taveira e Naur. Com o apoio de Maurício, Taveira disputou a Prefeitura com carlos Augusto Maia, Ricardo Gurgel e Tita Holanda. E venceu. 
 
No dia 1 de janeiro de 2017, Taveira tomou posse no Teatro Municipal de Parnamirim, ao lado de Mauricio. Mas, não demorou muito para Taveira se afastar de seu padrinho político.
 
O que se diz em Parnamirim é que Taveira teria interesse em disputar reeleição em 2020. Logo, desgastar Mauricio lhe atribuindo todos os problemas da cidade seria do seu interesse.
 
Se diz ainda em Parnamirim, que a cidade não tem projetos ou obras. No Mercado do Centro, se diz que os projetos das rotatórias vêm do Governo Maurício. Então, qual a obra de Taveira nesses dois anos, perguntam.
 
Na linha 6 do interbairros Parnamirim, a reclamação é uma só: "O trânsito está um caos, mas a culpa não é dos guardas", é o que se diz.
 
Na Oficina Center Car um cliente ilustre que sempre fez críticas a Maurício disse que agora sente saudades dele.