Ananda Carvalho

01/08/2019
 
Teorias das conspirações 
 
Não é de hoje que o ser humano cria as teorias que quer, porém parece que essas teorias, a maioria bem maluca, aumentam cada vez mais, principalmente porque hoje em dia é muito fácil achar pessoas que acreditem no que você acredita com a Internet.
 
Uma das principais teorias que se viu nas redes sociais nos últimos tempos foi a da Terra Plana. Como se isso só já não fosse no mínimo peculiar, as explicações e outras teorias dentro disso são ainda mais, como a Austrália não ser real e milhares de australianos serem robôs, o que eu tento entender até agora.
 
É muito louco pensar nessas teorias que envolvem o mundo todo de certa forma, pra imaginar como isso surgiu, como a teoria dos Reptilianos, quem em algum momento parou e pensou “será que os principais governantes mundiais são lagartos aliens disfarçados de humanos para controlar a Terra?”. 
 
Obviamente não só essas teorias mirabolantes fazem sucesso. Até hoje existem blogs “avrilestamorta”, reunindo provas que a cantora canadense  Avril Lavigne está morta e foi substituída por uma sósia mudança de estilo musical e de acordo com o site de aparência igual a da Avril.
 
Do mesmo jeito que existem discussões sobre a Lady Gaga ter feito um sacrifício humano no início da carreira pra conseguir sucesso. Nem preciso mencionar a maior teoria nesse estilo que é a que o Michel Jackson está vivo.
 
Não que isso seja algo recente, já que há décadas atrás já acusavam a Xuxa de pacto com o Demônio e pior, acusar uma boneca da Xuxa de matar uma criança. O que de novo me faz pensar como nasceram essas teorias, depois de ver isso na internet algumas vezes, é quase compreensível acreditar em uma ou outra, mas como uma pessoa começou a trazer essas discussões é que é estranho. 
 
Acreditar em uma teoria ou outra é normal, até divertido imaginar algumas conspirações, mas algumas pessoas passam do ponto, principalmente em teorias de conspirações, levando até a acreditar até em coisas mais sérias, mas é melhor focar na graça da maioria dessas.