Claudino Leite

11/02/2020
PARE E REFLITA...
 
“A todos os que sofrem e estão sós, dai sempre um sorriso de alegria. Não lhes proporciones apenas os vossos cuidados, mas também o vosso coração” (Madre Teresa de Calcutá, religiosa católica de origem albanesa e prêmio Nobel da Paz de 1979).
 
A PREVIDÊNCIA CHILENA
 
Na América Latina, o Chile foi pioneiro na implantação de reformas estruturais de caráter neoliberal, durante o governo militar ditatorial de Pinochet (1973-1990).  As reformas se orientaram pela afirmação do caráter subsidiário do Estado e expansão dos mercados em várias áreas, com retração da indústria, fragilização da organização sindical e dos direitos dos trabalhadores . Os sistemas de previdência social e de saúde sofreram reformas radicais privatizantes que influenciaram outros países latino-americanos nas décadas subsequentes .Em síntese, apesar de  os governos de diferentes orientações políticas e ideológicas terem proposições do sistema após a redemocratização no Chile, nenhum deles logrou alterações significativas que retomassem o caráter mais solidário do sistema e reduzissem o peso das instituições privadas, em face da dinâmica de mercado e dos interesses envolvidos.
 
NO BRASIL
 
A reforma da Previdência comandada pelo banqueiro Paulo Guedes, ministro da Economia e a equipe econômica em comparação com o Chile, se caracteriza por maiores taxas de informalidade laboral, desigualdades sócio-econômicas, expectativa de vida mais baixa e heterogênea no território nacional e entre grupos sociais. Os efeitos de uma reforma orientada pela austeridade e argumentos contábeis falaciosos podem ser trágicos para as próximas gerações. Uma reforma da previdência deveria ser orientada para consolidar um sistema que ofereça proteção efetiva na velhice, o que requer considerar o quadro social do país p ara pens ar políticas integradas de desenvolvimento econômico e social, geração de empregos, direitos trabalhistas, oportunidades para crianças e jovens, além de estratégias de solidariedade entre gerações e grupos sociais. A ruptura com o pacto da Constituição de 1988 representa o caminho oposto a esse que, segundo economistas da USP, pode empurrar o Brasil para a vala do atraso social.
 
A CRITICA DE MALAFAIA
 
A crítica é do pastor pentecostal Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no Rio de Janeiro, frisa que diante do desafio de conseguir 491 mil assinaturas para viabilizar seu novo partido, Aliança pelo Brasil, o presidente Jair Bolsonaro recebeu um apoio de peso. Líderes evangélicos, como o bispo Robson Rodovalho, presidente da Confederaç&at ilde;o d os Conselhos de Pastores do Brasil, e o deputado federal Silas Câmara (Republicanos-AM), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, prometeram mobilizar fiéis pelo país para alcançar a meta. Um dos principais pastores aliados de Bolsonaro, no entanto, rechaça a ideia. "Eu sou tremendamente contra qualquer tentativa de instrumentalizar a igreja para partidos políticos", desabafa Malafaia à grande imprensa. - O uso de igrejas para ajudar criar partido é pura “Imoralidade”.  
 
SURPREENDER
 
A declaração pode surpreender, já que Malafaia, que também é presidente do Conselho de Pastores do Brasil, apoiou Bolsonaro desde o primeiro momento da campanha. Ele explica que não se deve confundir engajamento pessoal com alinhamento da igreja a partidos. Ele não mede as palavras para se referir aos religiosos que embarcaram na ideia. "Ficam aí uns puxa-sacos, querendo fazer graça para ganhar cartaz, gente que quer aparecer na mídia, então tem que arrumar uns negócios para aparecer", contesta. Malafaia declara que recebeu Bolsonaro em sua igreja logo após a eleição, pois a Bíblia Sagrada fala que é preciso orar pelas autoridad es, n&at ilde;o porque quisesse atrelar religião a política.
 
EXEMPLO
 
O pastor da Vitória em Cristo, ainda argumenta: “Faria o mesmo com qualquer presidente que fosse o vencedor. Para exemplificar, conta que, oito meses antes do impeachment de Dilma Rousseff, foi convidado por ela para uma audiência. Aceitou, mesmo que àquela época fizesse críticas duras ao governo da petista. "Falei: presidente, pode ir à minha igreja que eu vou orar pela senhora", conta. Dilma não aceitou o convite. Malafaia disse que, apesar das críticas que fez a Lula, iria até mesmo à prisão em Curitiba para abençoá-lo se fosse convidado. "Não podemos partidarizar nossa vocação".
 
CENÁRIO
 
Sentado no penúltimo banco de uma igreja evangélica em Natal, eu percebia que duas pessoas conversavam sobre política no banco atrás de mim. De repente, no meio dos louvores musicais que o restante da congregação cantava, ouço a seguinte piada: "O mito defende os princípios cristãos, por isso tem o meu voto". Como o ambiente exige reverência, contive a todo custo a gargalhada. Esperei alguns minutos e, após controlar o impulso do riso, olhei para trás como se não tivesse ouvido nada para ver quem era o “humorista”.Que surpresa! Infelizmente, já tinham ido embora. Aí eu dei mais uma gargalhada, mas só para dentro. E continuei ouvindo, o coral que entoava o belo hino “Mestre! O mar se revolta, as ondas nos dão pavor... Sossegai! Sossegai!” Muito confortante, por sinal.
 
APOSENTADORIA
 
O professor de Anatomia do Centro de Biociências da Universidade Federal (UFRN), meu velho amigo e colega do Atheneu, Juarez Chagas pediu aposentadoria. Assim, à cátedra magnífica perde mais um dos seus talentos.
 
INIMIGO DO FUNCIONALISMO
 
Em recente palestra ministrada na Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro, sobre o Pacto Federativo, o poderoso banqueiro neoliberal, Paulo Guedes, Ministro da Economia chamou os servidores públicos de “parasitas”, causando mal estar a classe. Essa não é a primeira vez que o ministro precisa dar explicações polêmicas. No ano passado, o banqueiro disse em evento em Fortaleza (CE), que a mulher do presidente francês Emmanuel Macron “é feia mesmo”, corroborando uma fala do presidente Bolsonaro. No início deste ano, o neoliberal Paulo Guedes afirmou no Fórum Mundial de Davos, na Suíça. Que “o grande inimigo do meio ambiente é a pob reza&rdq uo; A declaração foi mal recebida.
 
UMARIZAL
 
A notícia vem em primeira mão da cidade de Umarizal (RN), a 390 quilômetros de Natal. “Se for a vontade do povo de Umarizal, o nosso nome estará à disposição pra ser pré-candidato a prefeito”. A revelação é feita pelo ex-prefeito, advogado Adson Luiz Martins, ao colunista. Ele conta com apoio do deputado Zé Dias (PSDB), além de uma vigorosa parcela da oposição do eleitorado da terra do Gavião.
 
ISAC, UMA ALTERNATIVA
 
Médico, oftalmologista e cantor evangélico, da Assembleia de Deus em Natal, primeiro suplente de vereador está sendo  convocado por um grupo de amigos empresários, além da irmandade cristã para como uma alternativa para ser candidato a uma cobiçada cadeira de vereador nas eleições de outubro vindouro. Por sinal, ele já admite a ideia.
 
JOVEM PAN NEWS
 
O site tudoradio.com informa que o Grupo Jovem Pan confirmou que iniciará uma nova etapa de expansão de suas redes nacionais. Na lista de expansões das redes Jovem Pan News (jornalismo/esportes) e Jovem Pan FM (jovem/pop) estão praças como Natal (RN), Palmas (TO), Montes Claros (MG), Passo Fundo (RS), Barreiras (BA), Ourinhos (SP), Coxim (MS), entre outras.Uma afiliada que já está confirmada é a Jovem Pan News FM 93.5 de Natal (RN). A estação, migrante AM-FM, já foi uma afiliada da Rádio Globo quando operava na faixa AM e, atualmente, veicula o nome de Tribuna FM, ligado a um jornal local Tribuna do Norte.  A data de estreia da Jovem Pan News em Natal ainda não foi definid a, mas d everá acontecer em breve.A emissora vai reforçar a presença do Grupo Jovem Pan em Natal, mercado que já conta com a Jovem Pan FM 89.9 (jovem/pop). Com Natal, a rede Jovem Pan News reforça a sua expansão em dials FMs de capitais estaduais.
 
PAGAMENTO DE ATRASADOS
 
A folha salarial de novembro de 2018 será quitada pelo Governo do Estado no dia 15 de fevereiro. O pagamento aos servidores públicos do Rio Grande do Norte foi confirmado pela governadora Fátima Bezerra. Os salários serão pagos a quem recebe acima de R$ 5 mil, que são os servidores que não receberam à época, totalizando R$ 94,9 milhões. A quita&cced il;&atil de;o de mais uma parte dos salários atrasados será possível a partir da operação de crédito feita pelo Governo no fim de 2019, junto ao Banco Daycoval. A negociação antecipa uma parte dos royalties da exploração de petróleo no Rio Grande do Norte a serem recebidos até setembro de 2022. A operação disponibilizou R$ 180 milhões aos cofres do Tesouro Estadual.
 
INVESTIMENTO FRANCÊS
 
Um grupo francês confirma à governadora Fátima Bezerra e ao senador potiguar, Jean-Paul que investirá um bilhão de reais no Rio Grande do Norte, especialmente em Mossoró, região Oeste do Estado e terá o comando de todos os seus parques eólicos no mundo.
 
SABINO
 
Graças a Deus passa bem o meu amigo e irmão na fé, Valdemir Sabino, cientista político, após a realização de uma cirurgia cardíaca para implantação de ponte de safena e colocação de um válvula mitral.