Cefas Carvalho

01/04/2020
 
Informações da Secretaria de Saúde, do prefeito? Nada, o que vale é o ´grupo de Zap`!
 
 
Um prefeito de um município da Grande Natal postou nesta manhã que recebeu conformação da Sesap que o município tinha um caso confirmado de pessoa com Covid19.
 
Uma mulher comenta no post dele que leu em um grupo de Zap que era mentira, fake.
 
O prefeito teve de ser direto, quase ríspido: "Você acha que eu iria brincar com uma coisa dessas?"
 
O prefeito fala. A Secretaria de Saúde do Estado informa. Mas, o que vale é o "grupo de Zap".
 
Milhões de pessoas se informando "pelo grupo de Zap", da turma, do trabalho, dos colegas de cachaça, das amigas de happy hour, do colégio.
 
O Brasil elegeu um presidente despreparado por causa dos grupos de Zap. Corre risco sério de piorar o que é ruim por causa dos malditos grupos de Zap.
 
O Zap é uma mera extensão do telefone, do celular, uma maneira de comunicação, não uma fonte. Fontes são veículos de comunicação, livros, pesquisas.
 
Quando alguém diz, "li no Zap", ou "ah, eu soube pelo Zap", faz imenso desserviço à lógica, ao bom senso, ao coletivo. O Zap não "diz" nada, ele é um canal e comunicação.
 
Essa fixação do brasileiro médio pelo Zap ainda terá consequência desastrosas. Infelizmente.
 
 
PS: Não abro vídeo ou áudio mandado em grupo de Zap ou enviado por Zap sem identificação e contexto do que se trata, seja quem for que me envie.