Liliana Borges

20/06/2020
 
MONTIJO, Minha Cidade Lusitana!
 
 
Montijo é uma tranquila cidade portuguesa as margens do Rio Tejo pertencente ao Distrito de Setúbal na Área Metropolitana de Lisboa com excelente localização, cerca de 31 km da capital portuguesa e 26 Km do Aeroporto Internacional Humberto Delgado.
 
A origem da presença humana na região é desde o Paleolítico, posteriormente foi uma Aldeia Galega com várias denominações ao longo de sua caminhada histórica, conforme registros no Século XII até a Vila de Montijo ser elevada à categoria de cidade em 14 de agosto de 1985 e, em  28 de janeiro de 2013 o Concelho de Montijo passou ser composto por cinco freguesias e uniões de freguesias: União das freguesias de Montijo e Afonsoeiro; União das freguesias de Atalaia e Alto Estranqueiro – Jardia; Freguesia de Canha; União das Freguesias de Pegões e Serrilhos Grandes. A população do Conselho é aproximadamente 57.500 habitantes e Montijo é sua sede.
 
O Instituto Estatística Português publicou no Portal de Estatísticas Oficiais um retrato estatístico das cidades portuguesas onde Montijo destacou-se na atração de população em Portugal Continental com o indicador mais elevado, 18% em relação a 159 cidades existentes.
 
Segundo o citado organismo, “as cidades constituem espaços privilegiados de concentração de recursos – população, atividades econômicas e riqueza – sendo entendidas como territórios centrais de intervenção para promoção do crescimento econômico e da competitividade”. O emprego era a razão para a migração interna, porém em pleno século XXI a qualidade de vida é um dos principais fatores para a decisão de viver em determinada cidade. 
 
Entretanto, um dos aspectos mais relevantes que contribuem para os imigrantes escolherem esta bela cidade para viver são os preços dos arrendamentos (alugueis) e imóveis, os quais são mais acessíveis do que Lisboa e, em seguida sua tranquilidade; a proximidade dos grandes centros; espaços bem projetados; muito verde; ciclovias na via  circular externa  e enfim,  toda a infraestrutura necessária para o cotidiano, não deixando nada a desejar de qualquer grande cidade. Os brasileiros que aqui residem têm a sensação de viver dentro de um grande condomínio residencial.
 
O acesso principal que liga Lisboa é a belíssima Ponte Vasco da Gama, como também, há uma ótima opção que é o transporte fluvial “Transtejo” com vários horários disponíveis para a travessia do Rio e, ainda nos brinda com a encantadora vista de Lisboa ao longo do Tejo. Se preferir navegar ao entardecer, poderemos ver o pôr do sol e a Capital Lusitana iluminando o início de mais uma noite. Simplesmente é indescritível!
 
As atividades econômicas estão relacionadas ao abate e transformação de carne, preparação e transformação de cortiça, produção hortícola, vinícola e florícola, a cidade é conhecida nacionalmente como “a Capital da Flor”. Cerca de 70% a 75% da produção de Portugal de “flor de corte” é feito no Conselho, sendo a gerbera a espécie de maior produção, ocupando cerca de 50 hectares de estufas assim, destacando-se como o maior produtor da Península Ibérica.
 
A vitivinicultura tem grande relevância para o conselho devido a notoriedade dos vinhos produzidos, destacando-se a Cooperativa Agrícola de Santo Izidro de Pegões pela qualidade dos vinhos produzidos com atribuição de consecutivas distinções e prêmios em concursos nacionais e internacionais. Em 2016, o vinho “adega de Pegões, Moscatel Roxo do setúbal foi eleito o melhor Moscatel do Mundo no concurso “best muscat du monde 2016”, realizado na França. E ainda, o grande volume de exportações para os Continentes Europeu, Asiático e Americano.
 
A preservação do Patrimônio Histórico e Cultural é invejável em Portugal e não poderia deixar de ser diferente por aqui: Moinho de Maré do Cais; Moinho de Vento de Esteval; Cinema Teatro Joaquim D’Almeida, a Quinta do Saldanha que funciona a Universidade Sênior; a quinta do Pateo D’Água, a Quinta Nova de Atalaia – Museu Agrícola.
Quanto ao aspeto cultural o município promove grandes festas religiosas, feiras e apresentações musicais, destacando-se a Festa de São Pedro, Festa de Nossa Senhora da Ataláia e Festa da Flor em Montijo.
 
Montijo encatadora…
 
Liliana Borges em Portugal