Claudino Leite

15/09/2020
 
 
PARE E REFLITA...
“Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir. E, sob as minhas vistas te darei conselho” (Salmo 32:8).
 
 
ELEITORES EVANGÉLICOS
 
Iniciando setembro, ainda com os ventos fortes de agosto e algumas neblinas vinda do mar demonstrando o ímpeto das suas ondas bravias começaram as convenções partidárias para registrar as candidaturas dos pré-candidatos das eleições de novembro. Relembro o retrato da performance dos eleitores evangélicos. Sim, ledo engano! Desprezar o universo desse eleitores! Vejam só: o assédio dos partidos políticos e dos candidatos à caça dos votos é inevitável. Cada um sentindo-se “proprietário” de uma fatia do bolo, que os levará a sentar-se na cobiçada cadeira. Ah! Como cabem evang&eacute ;licos em tudo quanto é facção, sejam elas: ideológicas, doutrinárias, entre outras. Aí, vem a indagação! As colocações precisam ser feitas. Observem os pré-requisitos que seguem: O primeiro, o compromisso do cristão é com Cristo. A razão da sua existência é glorificá-Lo. É insofismável que o segmento evangélico ou dele, esteja comprometido com alguma causa, que não seja o evangelho? O próprio Cristo disse que o seu reino não é deste mundo. E Seus discípulos ratificam. Somos forasteiros neste mundo e vivemos momentaneamente na Terra. Destarte, como qualquer outro cidadão, o evangélico tem deveres com à P&a acute;tria, entre eles, o de comparecer às urnas, mesmo entendendo que não deveria ser isso obrigatório, a exemplo do que ocorre na plena democracia americana, visto que o voto é facultativo. O segundo, a certeza dos evangélicos  de  que não são marionetes teleguiadas por lideranças interesseiras, pelo menos não deveria ser. Sou evangélico convertido desde o berço. Ninguém tira minha convicção de fé, fundamentada nos ensinamentos por dona Maria Leite, a minha inesquecível mãe, que sempre me embalou ao som dos belíssimos hinos do Hinário Presbiteriano, Cantor Cristão e da Harpa Cristã. Tenho  propriedade de falar assim. Jamais um pastor qualquer teria o direito de dizer: “Você vai votar em fulano ou beltrano”. Aí, pergunte-se: Onde fica o livre-arbítrio? Causa-me mal-estar quando vejo algu&eac ute;m afirmar que “o segmento é dos mais disputados, alegando que temos fiéis muito bem domesticados e orientados”. Isso se aplica a seres irracionais e, ainda assim, não a todos. A responsabilidade de toda e qualquer liderança considerada cristã, é direcionar e estimular os seus seguidores a se submeterem às orientações da Palavra de Deus. Para não causar fadiga aos leitores, cito apenas a principal: “Examinai tudo e retende o que é bom” ( 1º  Tessalonicenses 5:21) – diz o apóstolo Paulo.  Ufa! Precioso conselho! E a partir daí, é orarmos, a fim de que o Mestre da Galileia esclareça em quem devemos votar. Há muitos pré-candidatos travestidos de boa-praça, pregando que são os verdadeiros “Salvadores da Pátria”. Mas, são autênticos “lobos devoradores”, trabalhando c omo ave de rapina,  em detrimento próprio dificultando até o eleitor escolher o melhor. E agora, José? Até mesmo um candidato intitulando-se de evangélico, pode não ser o melhor! Entretanto, se a liderança da igreja ou do seu grupo não se manifesta, não se submeta a ela. Devemos obediência mais ao Pai Celestial do que aos homens. Por sua vez, as lideranças evangélicas, responderão pelos seus atos. Tenham cuidado que, candidatos que, até mesmo por não serem cristãos, desprezam os fundamentos do Evangelho de Cristo. É fácil identificá-los. É só examinar, o que eles dizem respeitante a práticas e atitudes condenadas pela Santa Bíblia. A última colocação: evangélico não é sinônimo de “burro” e nem submisso diante qualquer liderança. Submissão verdadeir a, somente a Cristo. O assédio dos políticos é grande. Não se deve esquecer da responsabilidade que temos diante de Deus pelas escolhas de forma individuais. Afinal, somos um contingente nada desprezível, dotado da consciência dada por Deus. Eis a diferença.
 
JESUS, A SOLUÇÃO!
Sofrimento? Desemprego? Medo do futuro? Sentimentos de culpa? Problemas no casamento? Pensamentos de suicídio? Depressão? Doenças? Paixão? Se você, meu caro leitor, realmente está precisando de ajuda, por favor, não esqueça que há alguém que tem todo o poder para enfrentar qualquer situação: Jesus Cristo, o filho de Deus. Somente Ele pode iluminar a sua situação e romper todas as correntes que lhe amarram e prendem. Toda criatura pode experimentar pessoalmente essa salvação por meio dele. Talvez, você esteja passando por uma situação semelhante quando os discípulos passaram quando estavam so bre o Mar: “E sobreveio uma tempestade de vento no lago, correndo eles o perigo de afundar”.  O que fizeram? Gritaram para Jesus: “Mestre estamos perecendo”!  E sua pergunta é: “O que devo fazer na minha situação?” Seja qual for a sua necessidade, clame a Jesus e experimentará salvação, por em Romanos 10:13 – diz: “Porque todo aquele que invocar p nome do Senhor, será salvo”.
 
NOSTALGIA DO DESENCANTO
Quando estava vivenciando a nostalgia do desencanto Caio Fernando de Abreu assim se expressou:"Que seja doce o dia quando eu abrir as janelas e me lembrar de você. Que sejam doces os finais de tardes, inclusive os de segunda-feira - quando começa a contagem regressiva para o final de semana chegar.  Que seja doce a espera pelas mensagens, ligações e e-mails saudáveis. Que seja (mais do que) doce a voz ao falar no telefone.  Que seja doce o seu cheiro.  Que seja doce o seu jeito, seus olhares, seu receio.  Que seja doce o seu modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto. Que sejam doces suas expressões faciais, até o levantar de sobrancelha. Qu e seja doce a leveza que eu sentirei ao seu lado.  Que seja doce a ausência do meu medo.  Que seja doce o seu abraço. Que seja doce o modo como você irá segurar na minha mão."
 
SOBERANO
Deus é soberano, e nos fala como quer, no Seu tempo, da forma como lhe apraz. Seu método é singular e original. Não exige o rufar de tambores nem o soar de símbolos. Não usa lâmpada fluorescente e piscaste. Deus opera de modo simples: em um determinado dia comum da vida Ele chega e nos diz o que quer dizer.O que nos compete é ouvir, confiar e obedecer Para o nosso bem. Antes que seja tarde.
 
SAULO, INDIZÍVEL SAUDADE!
Nunca fez ginástica na vida. Achava um desperdício de tempo e de energia também. O leão, dizia, é o rei dos animais e passa o dia deitado, numa boa. Por mais que eu tentasse, jamais aceitou me acompanhar numa caminhada. Além do leão, gostava de lembrar que a tartaruga, o mais longevo dos animais, nunca fez aeróbica. Vive 200 anos, devagar e sempre. Sempre estivemos juntos trocando ideias. Era meu eterno professor. Enquanto eu malhava na academia , ele lia as literaturas, inglesa, portuguesa e francesa, além dos compêndios da Faculdade de Direito. Cultuava como ninguém o mito do livro. Devia ter nascido na Biblioteca de Alexandria , onde dizem, est&aacu te; em livros a memória do mundo. Saulo dos Santos Leite, meu inesquecível mano, com indizível saudade.
 
O PAPA FRANCISCO
Durante a celebração de uma liturgia no Vaticano, o papa Francisco pediu que os fiéis “façam um esforço” e evitem ficar fazendo” fofocas”  destruindo o senso de comunidade. “As fofocas fecham o coração à comunidade, impedem a unidade da Igreja. O grande fofoqueiro é o diabo, que sempre sai dizendo coisas ruins dos outros, porque ele é o mentiroso que tenta desunir a Igreja, afastar os irmãos e não ter comunhão uns com o outros. Por favor, irmãos e irmãs, façamos um esforço para não fofocar. A fofoca é uma peste pior que a Covid-19, pior: foi o que disse o Sumo Pontífice na sua falação  23º do Tempo Comum, na Praça São Pedro, acrescentando: “O ensinamento de Jesus nos ajuda muito, porque pensemos num exemplo: quando nós vemos um erro, um defeito, um escorregão de um irmão ou de uma irmã, normalmente a primeira coisa que fazemos é contar aos outros, fofocar”.
 
POSSE DE FUX
Ao tomar posse, na Presidência do Egrégio Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o ministro Luiz Fux afirmou que, entre seus propósitos para os próximos dois anos, estão o fortalecimento da vocação constitucional do STF, além da preservação de sua função como instituição de jurisdição maior. “Meu norte será a lição mais elementar que aprendi ao longo de décadas no exercício da magistratura: a necessária deferência aos demais Poderes no âmbito de suas competências, combinada com a altivez e a vigilância na tutela das liberdades públicas e dos di reitos fundamentais”, afirmou. A solenidade contou com a presença dos presidentes da República, Jair Bolsonaro, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre, e do procurador-geral da República, Augusto Aras.
 
CENTRAL DO CIDADÃO
A retomada e conclusão das obras da Central do Cidadão na Cidade da Esperança foi o teor do requerimento protocolado pelo deputado José Dias (PSDB) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. “A central está prevista para atender a um público de aproximadamente 50 mil pessoas, e suas obras estão paralisadas desde 2017, sendo motivo de preocupação e angústia para os moradores da região”, destacou José Dias. S egundo o parlamentar, para que seja concluído o empreendimento, são necessários alguns ajustes e equipamentos, como o forro do teto, a rede elétrica, a subestação e a central de ar-condicionado. 
 
REVISTA
Por conta da pandemia não houve o lançamento, porém já está circulando por bons caminhos o último número 99 da Revista Cultural do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN), sob a presidência de Osmuz Barbalho Simonetti. Um belo trabalho!
 
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Em razão da pandemia do novo coronavírus, após cinco meses do Plenário da Casa em funcionamento totalmente remoto, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte terá suas sessões plenárias se realizando de modo híbrido,  desde  terça-feira,8 de setembro último. O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) em sessão remota por videoconferência .“Iremos inovar fazendo uma sessão com participação presencial e remota, com estimativa da presença de 20 a 22 deputados e os demais de forma online. Todos disporão do mesmo tempo e o regramento das sessões será o tratamento igualitário tanto aos que estarão presentes, quanto para os que estarão pela internet”, afirmou o presidente.
 
SEGURANÇA SANITÁRIA
O plano de segurança sanitária para as eleições municipais de 2020 foi apresentado pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Roberto Barroso. O protocolo foi elaborado por especialistas da Fundação Oswaldo Cruz e dos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein, e contém recomendações de segurança contra a disseminação da Covid-19. O primeiro turno, adiado para o dia 15 de novembro, contará com algumas alterações.
 
 VOTAÇÃO
Após reunião com diversos membros, o TSE decidiu estender por mais uma hora o tempo de votação por causa da pandemia do novo coronavírus. Assim, ficou definido que os quase 128 milhões de eleitores poderão votar das 7 horas da manhã até às 17 horas. Das 7h às 10h da manhã, pessoas acima de 60 anos ou que fazem parte do grupo de risco para a doença terão prioridade na urnas. Para David Uip, infectologista do Hospital Sírio Libanês, os cuidados que serão adotados pelas seções são para garantir a proteção da saúde não só de eleitores – mas, tamb&eacut e;m dos demais colaboradores da Justiça Eleitoral.
 
EQUIPAMENTOS
O Tribunal Superior Eleitoral fechou parcerias para o fornecimento de equipamentos de proteção individual e de higiene para os eleitores. Segundo o presidente do TSE, ministro Luis Roberto Barroso, apesar do momento delicado para a saúde pública do país, os eleitores devem exercer o direito ao voto. Em virtude da pandemia, o primeiro turno das eleições municipais deste ano foram adiadas do dia 4 de outubro para o dia 15 de novembro.
 
PANDEMIA NO BRASIL
Os números indicam que o fim da pandemia no Brasil está cada vez mais próximo. A queda nas médias diárias de casos em setembro (-30,5%) e de mortes (-21,2%). Dados apontados pelo  Worldometer mostram que o Brasil tem 621,1 mil pessoas com Covid-19, atualmente, é o menor número dos últimos 55 dias. A previsão é de queda drástica nos casos ativos até o fim de setembro, refletindo queda nos novos casos, que está no menor nível em 85 dias. O número que mais importa, de mortes, é o que apresenta maior recuo e caiu para cerca da metade do pico. É a menor média diária em 12 0 dias. A experiência adquirida por profissionais de saúde no combate ao vírus levou a taxa de recuperação de 85,27%, em maio, para 96,43%, hoje. Graças a Deus.
 
OBITUÁRIO 1
Na manhã de domingo, 6 de setembro, chega a triste notícia de Mossoró (RN), dando conta do falecimento do diácono da Assembleia de Deus e  funcionário da CAERN, Jidionacese Gomes da Silva (Cese), 55 anos, vítima de pancreatite aguda.  Cese, era filho do saudoso pastor-presidente da Assembleia de Deus, neste Estado, João Gomes da Silva e de Irmã Angelita Inácio de Oliveira. A cerimônia fúnebre foi dirigida pelo pastor Francisco Miranda, no templo sede da Assembleia de Deus, na capital do Oeste  Que Deus console à sua viúva Virlene, e a toda família, nesse momento de separação e saudade. E que o Criador o receba de braços abertos em seu Reino Celestial.
 
GIRO PELO TWITTER...
 
...Os parabéns  vão para o amigo e leitor da coluna o técnico eletromecânico Joaquim Albuquerque Bezerra (Quinho), pelo transcurso do seu natalício ocorrido na quarta-feira, 9 de setembro passado, sendo muito festejado pelos os seus familiares, além sua legião de amigos;
 
...Ao fingir que só agora “não há diálogo” com Paulo Guedes, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia se dispensou de explicar suas reuniões frequentes com assessores do Ministério da Economia, que tem a chave do cofre do Tesouro Nacional;
 
...A Câmara dos Deputados, o segundo parlamento mais caro do mundo, tem 9.565 “secretários parlamentares” com salários de sonho, além dos 1.761 cargos de natureza especial (CNE). Nisso Rodrigo Maia não mexe.
 
 ...Segundo o jornalista, Cláudio Humberto em sua coluna “Diário do Poder”, Se “sorte é sorte”, como disse o ministro Alexandre de Moraes do STF, no caso dos fichas sujas autorizados a disputar eleição, o azarado é o brasileiro que sustenta toda essa bagunça.