Claudino Leite

06/10/2020
 
PARE E REFLITA...
“Se uma sociedade livre não pode ajudar a seus muitos pobres, também não poderá salvar a seus poucos ricos”
(John Kennedy ,35° presidente dos Estados Unidos e  considerado uma das grandes personalidades do século XX).
 
EVANGELHO, O SENTIDO DA VIDA
 
Eu me acosto aos que defendem que o Evangelho de continuar a dar sentido à nossa vida. As igrejas, tanto católica quanto a evangélica devem socializar os procedimentos de evangelização e não capitalizá-los, usufruindo castas. Elas precisam oferecer lições de humildade e caridade aos seguidores e não o luxo das construções suntuosas a ostentação de riqueza do lucro imobiliário, da usura dos empreendimentos enganosos, sob a capa de e que o paraíso cristão é aqui e não o Reino dos Céus. Jesus, ao expulsar os vendilhões do templo, deixou claro que as dependências da fé n&at ilde;o podem ser mercadejadas. E ninguém foi mais humilde, sofrido, sacrificado do que o Mestre da Galileia no Calvário, juntamente, para salvar o mundo combalido, violento e miséria. Deixo claro que o meu entendimento é filosófico, doutrinário, ou, até moralístico se assim o leitor quiser interpretar. Lavro, apenas, um alerta pessoal, sujeito as escaramuças naturais dos que defendem o “Portal do Paraíso”. Sou livre para opinar. Admiro e respeito todos os credos religiosos naquilo que têm a verdade contra a hipocrisia e a ganância dos dias atuais. Aprendi, ao longo da vida, que não se pode usar o nome de Deus em vão, notadamente, acobertar iniciativas que privilegiam mais os ganhos  de capital do que a religião em si. Não sou contra o progresso, nem tampouco agnóstico . Não sou analista, cronista e escritor, e sim, um mau r abiscador. Frequento, templos, igrejas evangélicas, porém não posso deixar de me preocupar com os capitalistas que envolvem os nomes e pronomes para ganhar dinheiro fácil e rápido.
 
POVO CRISTÃO
 A imensa maioria do povo cristão passa fome. Não possui o que vestir nem calçar. Milhões estão desempregados, especialmente, depois dessa pandemia do coronavírus e parte envereda pela prostituição, violência e morrem à míngua sem o remédio e hospital. Lamentável! A ordem estabelecida pelos sinais do tempo é a pregação do Evangelho de Cristo, para a salvação das almas desprovidas de fé e esperança, além da solidariedade, o sacrifício e a caridade já que as igrejas de todos os credos transformam os repetidos cultos, missas, e atos religiosos em campanhas efet ivas em favor das favelas, dos abrigos, dos cárceres, dos orfanatos e dos marginalizados de toda sorte. Não se edifica a fé e a salvação do cristão erigindo-se catedrais ou complexos turísticos, mas investindo-se na sua humanidade. Então, eu diria, não dá lucro ao construtor. Quando se alargam as portas para as coisas materiais, fecham-se as espirituais.
 
A BÍBLIA PELO MUNDO
Segundo a Sociedade Bíblica no Brasil (SBB), no ano de 2019, cerca de 50 línguas ganharam tradução completa da Bíblia Sagrada. Atualmente, cinco bilhões de pessoas falam idiomas que têm versão integral das Sagradas Escrituras. Sem dúvida, a palavra de Deus é um manancial de conforto e conselho, pois ninguém sai de suas páginas sem receber o bálsamo e o conforto que alivia as dores da alma.
 
QUESTIONADO NO STF
O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) abertura de  inquérito para apurar suposta prática de homofobia por parte do ministro da Educação, Milton Ribeiro. Em entrevista ao jornal “O Estado de São Paulo”, o ministro associou a homossexualidade a “famílias desajustadas”. No pedido, Medeiros frisa que o ministro da Educação “proferiu manifestações depreciativas a pessoas com orientação sexual homoafetiva”. Ele cita dois trechos da entrevista com afirmações consideradas “ofensivas”. Em um deles, Milton Ribeiro declara: “Quando o menino tiver 17, 18 anos, ele vai ter condição de optar. E não é normal. A biologia diz que não é normal a questão do gênero. A opção que você tem como adulto de ser um homossexual, eu respeito, não concordo”. Em outro trecho, o alto mandatário do MEC sugere que o adolescente “muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo (sic) tem um contexto familiar muito próximo, basta fazer uma pesquisa. São famílias desajustadas, algumas. Falta atenção do pai, falta atenção da mãe. Vejo menino de 12, 13 anos optando por ser gay, nunca esteve com uma mulher de fato, com um homem e caminhar por aí”.
 
 
INFRAÇÃO DE PENA
Segundo o vice-procurador da República, as declarações implicam em infração pena. Ele solicitou também autorização para que o ministro preste depoimento à Polícia Federal. Milton Ribeiro, que é pastor da Igreja Presbiteriana, disse não concordar com a orientação homossexual. A fala do ministro da Educação provocou reações no Congresso e também de especialistas, que condenaram as afirmações. O reverendo disse ainda, em rede social que sua entrevista foi “interpretada de modo descontextualizado”, reafirmando que não pretendeu ” discriminar ou incentivar qualquer forma de discriminação em razão de orientação sexual.”Na mesma entrevista, Ribeiro revelou que a desigualdade no acesso ao ensino remoto durante a pandemia da Covid-19 não é responsabilidade de sua pasta e que, por ele, as escolas retornariam às atividades “ imediatamente”.  Especialistas em educação têm apontado omissão do MEC no debate sobre a retomada das atividades escolares, paralisadas em boa parte do país desde março, deste ano.
 
HOSPITAL MUNICIPAL DE NATAL
O prefeito Álvaro Dias apresentou em Brasília (DF), o projeto do novo Hospital Municipal de Natal. O assunto foi tratado durante audiência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Álvaro propôs uma parceria da Prefeitura com o MS para construir o novo hospital público do Município. “Temos a meta de construir nos próximos meses um novo Hospital Municipal, para funcionar em estrutura própria. Hoje, o hospital mantido pela Prefeitura opera em imóvel alugado. Com o futuro hospital, queremos ampliar e melhorar ainda mais os serviços que já oferecemos à populaç ;ão”, explica. O prefeito disse que o ministro Eduardo Pazuello mostrou muita receptividade ao projeto e elogiou a proposta da Prefeitura de Natal. “Estamos confiantes no estabelecimento dessa parceria com o Ministério da Saúde”.
 
DEBATE DOS PREFEITÁVEIS
O primeiro e talvez único debate entre os candidatos a Prefeito de Natal foi cansativo. Começou pouco depois das 22h30 e terminou perto das 02 horas da madrugada. Talvez único, pois a InterTV Cabugi e TV Ponta Negra, provavelmente não realizarão debate no primeiro turno das eleições 2020. Bem mediado pela colega jornalista Anna Ruth Dantas, mas um formato que pouco acrescenta ao pleito. Pouca repercussão nas redes sociais. Presenças de 13 dos 14 candidatos: Afrânio Miranda (Podemos), Carlos Alberto (PV), Coronel Azevedo (PSC), Coronel Hélio (PRTB), Sérgio Leocádio (PSL), Fernando Freitas (PCdoB), Fernando Pinto (Novo), Hermano (PSB), Jaidy (DC), Kelps (Solidariedade), Nevinha (PSOL), Rosália (PSTU) e Jean-Paul (PT). Uma crítica e outra entre os candidatos, mas o tom ficou tenso mesmo apenas entre os candidatos Kelps Lima (Solidariedade) e Fernando Pinto (Novo). Kelps disse que Fernando Pinto é criminoso e criador de Fake News e que receberá a visita da Polícia Federal nos próximos dias. Fernando Pinto disse que Kelps é um candidato Fake que já foi aliado de todos os políticos tradicionais do Estado. Enfim, o gerou sono ao telespectador-eleitor.
 
 
AVALANCHE DE CADIDATOS
Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TER), o Estado tem cerca de 9.164 candidatos a vereador e 505 a prefeito e a vice-prefeito, respectivamente, na disputa das eleições municipais 2020, previstas para 15 de novembro próximo. Talvez, tanto candidato assim dificulte o eleitor escolher o melhor. E agora, José?
 
APOSENTADORIA
O decano ministro Celso de Melo pede aposentadoria. Dessa maneira, o Supremo Tribunal Federal  (STF) perde mais um de seus talentos. Quem vê o ministro Celso de Mello hoje, dando conselhos aos seus colegas mais jovens ou recados às altas autoridades da República, imagina que o faz por ser o decano - o integrante com maior idade - do Suprema  Corte. A voz da experiência. Porém, a função de “conselheiro” o acompanha por toda a sua carreira. Na década de 1970, recém empossado no cargo de promotor de Justiça no interior de São Paulo (SP), era comum ajudar a sua irmã, Maria Aparecida de Almeida Mello, 11 anos mais velha, e os c olegas dela na procuradoria do Estado. O buscavam para uma espécie de assessoria voluntária por telefone. Ele tinha 25 anos de idade, recém-formado em direito pela Universidade de São Paulo (USP), e já era reconhecido na época como dono de um amplo saber jurídico.
 
TRUMP E CONVID-19
Após reportagem noticiada pela imprensa americana, informando que o presidente Donald Trump não pagou Imposto de Renda, o presidente dos EUA diz ter pago “milhões de dólares de impostos”. Pelo menos ele tem dinheiro pra pagar.  Depois de criticar o presidenciável democrata, Joe Biden por usar máscara e levar à família sem proteção para o debate, Donald Trump e a mulher Melania testam positivo para a Covid-19.
 
ACADEMIA DE LETRAS
A sucessão do jornalista e escritor Murilo Melo Filho, que ocupava a cadeira 19, na Academia Norte-rio-grandense de Letra, já tem candidato: Marcelo Alves Dias de Souza, Procurador da República, doutor em Direito, cronista e colaborador de matutino Tribuna do Norte e peregrino das livrarias de Natal.
 
OPERAÇÃO DE GUERRA
O Tribunal Superior Eleitoral , enfrentará, dia 15 de novembro, um problema que nunca existiu na história daquela corte:  distribuição de 7,5 milhões de máscaras cirúrgicas; um milhão de litros de álcool/gel, além de um milhão de “face shield”. Isso tudo para proteger  os mesários que vão trabalhar nos 5.570 municípios brasileiros nas eleições de 15 de novembro vindouro.
 
CORONA MATA
Um milhão de mortos por coronavírus. A cifra, simbólica, é alcançada quase nove meses após o primeiro óbito oficial devido à doença, em 11 de janeiro, e quase sete após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar que a Covid-19 era uma pandemia, em 11 de março. Nesse período, além de mais de 1 milhão de mortos, a crise sanitária se desdobrou em crise econômica, agravando desigualdades sociais já muito acentuadas em todo o mundo, e provocou terremotos políticos em um cenário polarizado, em que a ciência foi colocada em dúvida por chefes de Estado e nas redes sociais.
 
O QUE DIZ FHC:
Do ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (FHC), no programa “Roda Viva”, exibido na TV Cultura de São Paulo (SP), sobre quem seriam, na visão dele, os candidatos a presidente em 2022. “O presidente que está com a máquina na mão e aparecendo todo dia, e o povo gosta de quem aparece, os governadores dos grandes estados. O Rio de Janeiro está uma tragédia, Minas Gerais está apagada, São Paulo tem um governador com grandes ações e o Rio Grande do Sul também, tem um governador sensível”. FHC disse que também tem nomes de fora do ‘jogo do poder’ e citou o apresentador Luciano Huck. “Luciano Huck é ; uma possibilidade, é novo, conhece o povo, tem o Caldeirão”.
 
GIRO PELO TWITTER...
 
....O colunista parabeniza Amaro Henrique Fonseca Magalhães, na intimidade Totinha, leitor da coluna, meu amigo e leal colega de trabalho, no Centro de Ciências Humanas (CCHLA) da Universidade Federal (UFRN), que aniversariou sábado, 27 de setembro passado. Almejo que o nataliciante tenha longuras de anos e longevidade de vida;
...Minhas felicitações à matriarca Rita Chagas Cavalcante, membro da Assembleia de Deus em Natal, a qual completou 94 anos, quarta-feira, 7 de outubro, sendo muito cumprimentada pelos filhos, genros e netos. Saúde e paz, deseja o colunista;
 
...Segundo o jornalista Paulo Tarcísio Cavalcanti, ex-editor de o Correio Brasiliense, o clima eleitoral – o ambiente de disputa, o temor da derrota – transformam a campanha num operação bélica;
 
...Justiça determina que a posse do Estádio Juvenal Lamartine seja reintegrado ao Estado do Rio Grande do Norte. Porém, a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), promete que vai recorrer, além de procurar um entendimento com à governadora Fátima Bezerra;
 
 ...O Egrégio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) previu receber 630 mil pedidos de registro de candidaturas para as eleições deste ano. O número seria menor, mas graças à Corte Eleitoral, candidatos ficha- suja conseguiram brecha suja para concorrer ao pleito.