Andrezza Tavares

04/04/2021

 

 

Eu não conhecia o filme “Faça a coisa certa” (1989) que foi produzido, dirigido e protagonizado por Spike Lee. Apontado pela crítica entre os melhores filmes de todos os tempos, a peça de comunicação problematiza uma questão planetária extremamente cara aos dias atuais que é a reflexão racial a partir de uma narrativa que se passa no distrito de Brooklyn em Nova York, EUA.

Foi a primeira vez que visionei o filme e, apesar de meu pouco repertório relacionado com a crítica da sétima arte, fiquei com a sensação de que se trata de  uma verdadeira obra prima do cinema mundial. A experiência foi proveitosa pois ativou e alargou o meu estado crítico sobre as injustiças sociais a partir da causa racial no contexto americano.

As cenas do filme transbordam o contexto de opressão racial nos EUA e permitem pertinentes associações com os dilemas da exclusão no contexto brasileiro (estereótipos, confusões, preconceito, companheirismo, revolta, entre outros). Em síntese, o filme “Faça a coisa certa” realça de modo sagaz que o apartheid ainda é uma lamentável constatação no cotidiano social e que os seus ecos emitem ondas dilaceradoras de preconceito velado e escancarado que se materializam no comportamento das pessoas. A sociedade preconceituosa e estigmatizadora é um organismo doente e o composto indubitável para a sua cura é o direito humano a partir do consenso sobre justiça e igualdade social. 

A expressão de calor e incômodo é abusivamente perceptível pela paleta de cores escolhidas pelo autor do filme. Nada de tons frios e neutros, a paleta de cores gira em torno do vermelho e amarelo, que aliada a forte luminosidade do filme, pode, inclusive, provocar certo incômodo visual.

A coluna "Educação com Andrezza Tavares" no domingo de páscoa convida a todas e todos para sentirem as ideias progressistas do Cristo Ressucitado, em uma páscoa com isolamento social, a partir das denuncias e reflexões presentes no filme “Faça a coisa certa” (1989) que está disponível na íntegra no aplicativo Mega Filmes HD que se pode baixar no celular através do Play Store:  https://play.google.com/store/apps/details?id=me.filmeshd.mega