Claudino Leite

13/04/2021
 
 
PARE E REFLITA...
“Vigiai, pois em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas coisas que hão de acontecer...Vigiai e orai, para não cairdes em tentação” (Lucas  21:36).
 
ORAÇÃO, A  ARMA PODEROSA
 
Sim, estamos todos fragilizados. É tempo de Covid-19 diabólico que assola impiedosamente à Nação Brasileira, além do mundo globalizado e turbulento. Mas temos uma arma poderosa para vencer essa peste maligna - a Oração. Pela experiência de vida cristã classificamos a oração como sendo, um derramamento despretensioso da alma perante Deus. Ela é súplica e também louvor. É gratidão, é temor, é respeito e reverência. É confiança e intercessão. No meu isolamento social folheando as Santas Escrituras encontramos o registro edificante no livro de Mateus, que se expressa: “A oração irmana os homens e os unem aos p& eacute;s de Cristo, posto que, é o cumprimento de um mandamento de Deus, uma vez que por meio da oração o homem estabelece um diálogo íntimo com o Pai Celestial, apresentando ao Todo-Poderoso todo o sofrimento da alma do ser humano, além de suas ações de graças pelas bênçãos alcançadas. A oração é a base de tudo, pois através deste instrumento poderoso mais potente do que uma bomba de hidrogênio torna-se possível na vida do homem vencermos as atribulações e as turbulências  do dia-a-dia. Sem dúvida, jamais poderemos partir para a ação sem antes de tudo termos momentos especiais da arma propulsora – a Oração. Há dois tipos de pessoas que oram: Uma que pede e espera. Tal pessoa à recebe resposta satisfatória, isto é, do jeito que almeja, às vezes não . Entretanto, em tudo daí graças diz o preceito bíblico.  A outra pessoa , é aquela que quer e espera – até ter recebido o seu pedido - A diferença, portanto está no “até”. Esse tipo de pessoa vigia, jejua, chora,  por fim, vence com galhardia a peleja que enfrenta, pois o grande Comandante a quem servimos, o Mestre Jesus é uma criatura invencível. Isso enche da graça do céu em nossa alma! Dessa forma, prezado leitor, amemos de corpo e alma a oração, tendo em vista  que orar, é além de tudo uma maneira sublime de viver. Não é possível saber que devemos orar sem cessar. Somente ficaremos satisfeitos quando entendermos, conscientemente a natureza do Criador e amarmos  com ansiedade a oração. O cristão  que ora está construindo um imenso edifício no interior do seu espíri to, como habitação de Deus. Quem ora tem vitória.  Enfim, Deus é nosso amoroso Pai Celestial e Ele quer ouvir você. Você pode se achegar a Ele por meio da oração.
 
MINHA VIDA DE REPÓRTER
O analógico e extinto JORNAL DOIS PONTOS era o vespertino semanário que funcionava na Rua Presidente Gonçalves, por trás da UnP, em Lagoa Nova, nos anos 90 com grande circulação em Natal. Este mau rabiscador era repórter. O espaço que me fora reservado era de 40 linhas, tendo como editor e pauteiro o jornalista Roberto Guedes, uma das estrelas do jornalismo potiguar. Mas, o manda chuva mesmo era o meu ex-professor da Faculdade de Jornalismo Eloy de Souza, Marcos Aurélio de Sá, proprietário daquele semanário. Tarde de segunda-feira, Roberto me chama na sua sala da redação e diz: “Claudino, você, que é religioso faça uma reportagem com “M&atil de;e Albina”, dona do um maior terreiro de Umbanda no populoso bairro das Rocas. Sem pestanejá , disse sim.  Fui conversar com a colega e amiga, jornalista Alba Tavares, de saudosa professora do Curso de Letras da Universidade Federal (UFRN), que era do ramo a fim de saber como funcionava o badalado  terreiro. Albina Alves era o seu nome de batismo da entrevistada conhecida nos arraias umbandistas, como “Mãe Albina” ou “Albina de Exu”, devota de Santa Bárbara da Igreja Católica. Fonte difícil de conceder entrevista. De tanto insistir o repórter consegue. Depois de 10 telefones para a umbandista e já exausto. Finalmente,  a “Mãe de Santo” concedeu à entrevista, porém com uma condição não ser fotografada, pois o marido era ciumento. Tudo bem ponderei! Agora, mãos à obra! A primeira pergunta: Esse centro é filiado &agra ve; Federação de Umbanda de Natal? Não, nunca, jamais responde Albina demonstrando irritação. Eles têm muita inveja do meu trabalho, desabafa Albina. Aqui frequenta altas figuras da sociedade pedindo ajuda espiritual, acrescenta à umbandista, mas não cobro nada pelos meus trabalhos, recebo tão somente ajuda financeira daquelas pessoas de bom coração, pondera. Tentei acalmá-la e continuei com as indagações, orientadas por Alba Tavares. Consegui informações necessárias. Enfim, escrevi o texto. Pronto, entreguei ao editor. Missão cumprida - Eita! Fiz um repórter, esbravejou o irreverente Roberto Guedes: Tudo certinho, inclusive com o “lead”. Em jornalismo, o lide (em inglês lead) é a informação básica da primeira parte da notícia sobre o conteúdo da matéria. A expressão inglesa &ldqu o;lead” tem entre outras, a tradução de “primeiro”, “guia” ou (o que vem à frente). Parabéns, Claudino, pela sua persistência. Repórter tem que ser ousado frisa Guedes. Em seguida, contei essa história ao meu amigo, professor e pastor Elinaldo Renovato de Lima, líder da Assembleia de Deus em Parnamirim, o que ele achava acerca da minha entrevista com “Mãe Albina”, pois sou evangélico desde o berço. Sem problemas, disse Elinaldo, você, é um profissional que foi cumprir a pauta de ordem do editor de o JORNAL DOIS PONTOS. Afinal, missão cumprida!
 
FAZER MELHOR
Não sei onde este caminho vai me levar, mas sei, estou fazendo o melhor que posso, dentro do limite que me convém, não posso prometer que serei diferente, pois já cresci muito para mudar, posso falar que todos os dias, tento ser melhor que ontem, a caminhada, não sei se será longa ou curta, mas meu legado, será minhas risadas, minhas falas fora do contexto, minhas imperfeições, meu amor ao próximo, minha entrega de alma, se lhe fiz sorrir um dia, lembre, o sorriso faz a nossa alma flutuar de alegrias, quero ser o melhor de mim, minha melhor versão, se eu posso caminhar estrada a fora, serei a luz que brilha em mim semp re.
 
FECHEM  AS PORTAS DOS TEMPLOS
O pastor e amigo, presbiteriano Carlos Alfredo de Melo, publica em suas redes sociais o texto com o título supracitado e compartilho com meus poucos leitores: “Estamos em plena “segunda onda” da Pandemia do Covid-19. Nas cidades em que foi decretado o “lockdown” ou confinamento, só os serviços essenciais poderão funcionar. E a pergunta que fica é: culto público nos templos evangélicos é serviço essencial ou não? A igreja inicialmente não tinha templo. No tempo de Jesus, alguns cultos eram celebrados nas Sinagogas. Ela também se reunia nas casas.
 
O NOVO TESTAMENTO
Fala que “diariamente perseveravam unanimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam suas refeições com alegria e singeleza de coração.” Sempre nos ensinaram que a palavra igreja deriva de “ekklesia” da língua grega, que quer dizer ajuntamento, congregação, assembleia. Agora líderes ficam desesperados se fecham as portas do templo (não da igreja) por alguns dias. Lembro que há países onde os templos e cultos públicos não são permitidos, ainda assim a igreja (congregação) existe e atua, cumprindo sua missão.
 
TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO
Nós dizemos constantemente que “Somos o Templo do Espírito Santo”. A igreja somos nós. O templo construído de tijolo, areia e cimento é para nos congregarmos semanalmente e quando necessário. Temos a Palavra de Deus em nossa mente, nas nossas casas, nos computadores e celulares. Temos acesso direto a Deus, “online“, através da oração e podemos falar com o Senhor quantas vezes quisermos ao dia. Somos “sacerdotes”, segundo a Palavra de Deus; mesmo em confinamento, podemos nos comunicar com os amigos e conhecidos para dar-lhe mensagens de esperança.  A Pandemia destes dois últimos anos, mostrou que podemo s manter as portas dos templos fechadas por semanas e isso, não afeta a nossa fé no Todo-Poderoso. Podemos nos reunir em nossos lares, com cânticos, leituras bíblicas e orações. Podemos participar de Pequenos Grupos com pessoas de várias casas e até cidades ou países, com as atividades já citadas. A realidade é que quando as portas dos templos estão abertas, muitos não vão cultuar neles.
 
A INTERNET
Disponibiliza mensagens de dezenas de pregadores para que possamos assisti-los. Os cultos de centenas de igrejas evangélicas também podem ser vistos no seu celular. Todo dia, ao meio-dia uma Igreja Batista em São Paulo (SP) se reúne virtualmente em oração. Belo e grande exemplo. Essa mesma igreja arrecadou 600 mil reais e assim, enviou muitos cilindros de oxigênio para o norte do País para ajudar os que precisaram do gás da vida.  Fechamento das farmácias, supermercados, padarias e postos de gasolina é uma coisa. Fechamento dos templos é outra.  As igrejas podem estar de portas fechadas, mas não estão proibidas de evang elizarem, ensinarem a Palavra e orarem à distância, muito menos de acudirem ao necessitado, em dias tão difíceis.  Lemos no Novo Testamento que “Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.” “E fez-se naquele dia uma grande perseguição contra a igreja (não contra o templo) que estava em Jerusalém.” “Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta Isaias.”
A igreja é essencial, o templo não. Ela valoriza a preservação da vida. TempIos fechados, porém, as igrejas com as mãos abertas para servir ao próximo”.
 
“PÉROLAS DE ENTARDECER”
Segundo o teólogo e pastor evangélico Josoniel Fonseca
 diz: ”Uma realidade é imperiosa nestes tempos de pandemia: não sabemos o que nos aguarda, se a alegria inesperada ou a tragédia mais temida. O amanhã é-nos desconhecido, mas conhecemos o Deus que controla o amanhã. Não sabemos se tragédias virão, mas sabemos que nenhuma tragédia é maior que  a Sua bondade. Não temos capacidade de desvendar o mistérios da vida, mas sabemos que os planos de Deus  são planos de amor. Isso apazigua a ansiedade e nos concede paz”.
 
O JORNALISMO IMPRESSO
Sem dúvida, o jornalismo impresso foi atacado em emboscada pela Internet. Enquanto a geração da década de 90 ele estará sobrevivendo, desde que reinventado, mais analítico, opinativo, investigativo, desdobrando, com profundidade, aquilo que o mercado persa das redes sociais joga ao consumidor não poucas vezes sem a obrigação da responsabilidade. A honra alheia não justifica audiência alguma.  Decano, mantenho 89% do que escrevi na imprensa local, em lugar seguro. Preservado. Agora, como tesouro ainda mais inviolável e inegociável. Vou lembrar de cada tema, de cada história, do pano de fundo do futebol e do olhar de um mau ra biscador de espírito sobre o cotidiano mutante e injusto. No século XXI, com a Era Digital e o Mundo Globalizado houve uma mudança total de valores, inclusive do jornal impresso. É a minha ótica, salvo melhor juízo.
MINUTOS DE ESPERANÇA
A Associação Americana Evangelística Billy Graham lançou a campanha de oração “Minutos de Esperança”, conclamando os cristãos a levantar um clamor em favor do Brasil. Os cristãos estão sendo convocados a se reunirem nas suas casas e interceder pelo país durante 10 dias, ao meio-dia (12h), no período de 1 a 10 de abril. O propósito é fortalecer as pessoas frente às dificuldades que em que a Não Brasileira vem enfrentando em todas as áreas por causa da pandemia, aumentando a fé de todos por alguns minutos diários de oração. Todos os que acreditam no poder de Deus podem se juntar para contribuir com os pedidos de oração. Cada dia conta com um tema específico de intercessão, totalizando 10 pedidos de oração para cada dia da campanha, que pode ser usado como um norte para iniciar as petições.
CLAMOR PELA NAÇÃO
Muitas pessoas estão confortáveis com a vida que levam. Vejam só: o problema não é com ninguém da minha família ou amigo mais próximo. Como pode uma igreja que se diz missionária, mas não preocupa com o sofrimento alheio. Não sou dono da razão e não quero generalizar. Urge, portanto, que se acorde do sono da indolência espiritual. São realizados uma gama de eventos inoperantes, gastando-se peso de ouro, porém ninguém ouvi sequer um clamor pela Nação Brasileira, e nem pelos países que vivem em conflito.
PADRES & PASTORES
Não se vê e não se houve os pastores, padres, além de outros religiosos realizarem uma campanha em prol da moral tão escassa nestes dias trepidantes em que atravessamos. Será que uma campanha de jejum e oração seria contraditório? Jesus voltará! E quando voltar, como será? A maior missão da Igreja de Cristo na terra não é fazer política partidária, fazendo campanha para os “Salvadores da Pátria” - os políticos - A maior missão da igreja é levar a mensagem pura do Santo Evangelho, enviado das promessas inconfundíveis do Mestre, cheia de perdão, amor e miseric&oacu te;rdia para resgatar as almas perdidas. Dessa maneira, teremos dias melhores. Eu penso assim. Os outros...
DE SÍLVIA ABRAVANEL
Filha número 2 do apresentador Sílvio Santos, Sílvia Abravanel, de 49 anos, que testou positivo para Covid-19, no dia 28 de fevereiro, teve uma piora e precisou ser internada na noite de sábado, 3. Ela disse que nem sabe como chegou ao hospital, e só sabe que chegou “implorando por ar para respirar”, após sua saturação ter caído bastante. Ainda no hospital e respirando com ajuda de oxigênio, Sílvia, que apresenta o programa infantil “Bom Dia e Cia”, do qual está afastada, fez uma live em seu Instagram para falar do seu estado de saúde. E ela não mediu as palavras. “Não vou me preocupar com a opinião de ninguém, desabafa a apresentadora, questionando medicamentos ao afirmar que está medicada desde o primeiro dia da doença, mas não adiantou muito. “Piorei”-, disse a filha de Silvio Santos, deixando claro que o tratamento precoce não impede um quadro de piora como aconteceu com ela. “Chega! Deu! Parou! Fique em casa!”, foram apelos feitos por Sílvia Abravanel na live onde não poupou o presidente Jair Bolsonaro ao criticar a forma como o Brasil trata a pandemia. “Vários países nesse mundo já estão sendo curados, as pessoas já voltaram à vida normal. E o Brasil? Não para de morrer gente. Isso não é engraçado? Isso não é legal. Isso não é bonitinho”,  frisa de forma irônica Silvia Abravanel, mandando um recadinho para o presidente da República que tem dado maus exemplos à população ao aparecer sem máscara em lugares lotados. “Fique em casa”, repetiu a filha de Silvio Santos”. O “Fique em casa” é tudo o que o governo Bolsonaro mais tem criticado, inclusive o ministro das Comunicações Fábio Faria, cunhado de Sílvia Abravanel.
LEITOS NEGADOS
O Hospital das Forças Armadas (HFA) é um hospital público, de Brasília (DF), subordinado ao Ministério da Defesa, que atende também pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Mas no pico da superlotação de leitos na capital federal, inclusive de UTI Covid-19, com pessoas na fila de espera, o HFA negou a ajuda solicitada pelo governo do Distrito Federal para receber doentes na fila de espera. Depois, a situação se inverteu e foi a vez de o HFA pedir socorro para que os hospitais públicos da Capital recebessem seus pacientes excedentes. Nessa crise sanitária em que vivenciamos é necessário união.< /span>
SUPREMA CORTE
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está avaliando promover uma reforma na Suprema Corte americana. Biden criou uma comissão de especialistas da área do Direito para estudar os argumentos contrários e a favor em relação ao aumento do número de juízes, que atualmente a maioria é conservadora. De acordo com o decreto que foi publicado, a comissão bipartidária será formada por até 36 membros que serão escolhidos pelo presidente e deverão ser ilustres acadêmicos constitucionais , membros aposentados do Judiciário Federal ou outras pessoas com experiência e conhecimento do Judiciário Federal e do Supremo Tribunal dos Estados Unidos. O relat& oacute;rio da análise deverá ser entregue após seis meses.
OBITUÁRIO 1
A ex-vereadora em Ceará-Mirim, Leonor Soares Câmara, 68 anos, mãe do prefeito Júlio César Câmara, morreu na manhã de quinta-feira, 8 de abril, vítima de Covid-19. Leonor lutava há várias semanas com a doença. Júlio César lamentou o seu encanto manifestando nas redes sociais o falecimento da sua querida genitora. A ex-vereadora era membro da Academia de Letras e Artes de Ceará-Mirim. Minhas condolências aos familiares enlutados.
OBITUÁRIO 2
Morreu na manhã de sexta-feira, 9 de abril, o empresário Carlos Farache, primo do colega jornalista da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Gustavo Farache. Ele foi internado com Covid-19, no Hospital São Lucas no dia 20 de fevereiro, e logo depois foi intubado. Farache deixa viúva a mulher, médica Lícia Villas Boas, além da filha Luíza. Ele atuava no setor de turismo e tinha a pousada Village Porto Mirim, no litoral Norte Potiguar. Manifesto minhas condolências aos familiares da “Família Farache”;
OBITUÁRIO 3
Partiu para a eternidade o presbítero Francisco Manoel Ferreira, 65 anos, vítima de infarto agudo no miocárdio, na noite de domingo, 4 de abril passado. Conhecido na irmandade cristã, especialmente, na Igreja Assembleia de Deus em Natal, como irmão Chico, era micro empresário no ramo de materiais de construção no bairro de Nova Descoberta, nesta capital, mas dirigiu várias congregações  assembleianas,entre elas:  Ebenezer, Felipe Camarão, Quintas e Nazaré. Deixa viúva a irmã Maria Antonia, ex-dirigente do Círculo de Oração da Congregação da AD de Leão de Judá e o filho advogado Maicon. Que Deus o receba no seu Reino Celes tial.
OBITUÁRIO 4
A Universidade Federal (UFRN) ficou enlutada com o falecimento, da professora aposentada Valdete Queiroga Leite Vasconcelos, 67 anos,  ex-coordenadora do Curso de Psicologia do Centro de Ciências Humanas  Letras e Artes (CCHLA), ocorrido quarta-feira, 14 de abril, vítima de Covid-19. Valdete enalteceu com brilhantismo à docência magnífica. Que Deus conforte os seus familiares pela sua partida para a eternidade.
 
 
GIRO PELO TWITTER...
 
...Parabenizo, o amigo e pastor Alfredo Luiz de Melo, líder da Igreja Assembleia de Deus, na cidade de Assú e Região do Vale, que sexta-feira, 9 de abril último, foi muito cumprimentado por sua legião de amigos, além da irmandade cristã pelo transcurso de seu aniversário. Que os seus dias sejam longos, alegres e prósperos com as bênçãos de Deus. Leia e medite no Salmo 90. Feliz aniversário!
...Baixaria: A briga com Bolsonaro…é baixa.O governador de São Paulo, João Dória, se mostra mais elegante.Chamado de “vagabundo”, com um “caralho” seguindo como interjeição, João Dória disse nas redes sociais que o Instituto Butantan pode vacinar o presidente da República com uma dose de anti-rábica. Lamentável!  Mas essa troca de gentilezas não leva a nada;
...Cada colégio militar do plano de militarização do ensino bolsonárico, custa o equivalente a 65 creches. O que é mais urgente: creches ou colégio militar? Ei-la a questão. É o estudo feito por um grupo de professores doutores de Pedagogia da USP;
...Paes Mendonça informa: o Jornal do Comércio do Recife, a velha marca do jornalismo analógico pernambucano, agora só circulará de maneira virtual. Sua alma vai vagar nas águas do Rio Capibaribe, agredindo a ecologia da Mauriceia;
...As variantes são gravemente preocupantes pelas reinfecções de Covid-19 que driblam as vacinas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta: É preciso salvar o Brasil para salvar o mundo; e
...Pesquisa realizada pelo Senado Federal aponta que 84% dos brasileiros responderam que querem  tomar vacina contra Covid-19; 14% não querem tomar e 2% não tem opinião formada. Dos que apresentam resistência à imunização, a razão apresentada foi a falta de confiança; 11%  foram as reações à vacina; e 4% deram outros motivos.