Claudino Leite

08/06/2021
 
PARE E REFLITA...
“Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor. Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o rebeiro não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se perturba nem deixa de dar fruto” (Jeremias 17:7-8).
 
 
CONFIANÇA EM CRISTO
O capítulo 8, do livro de Mateus relata em um de seus trechos, o encontro de Jesus, ao entrar na cidade de Cafarnaum, com um centurião aflito, porque estava com um servo gravemente enfermo. O centurião se dirigiu a Jesus, pediu ajuda para servo que se encontrava em casa, paralítico e em terrível sofrimento. De imediato, sem hesitar, o Mestre da Galileia disse que iria à casa do centurião para curar o seu filho que padecia. O comandante militar, por sua vez, respondeu: "Senhor, não mereço receber-te debaixo do meu teto. Mas dize apenas uma palavra, e o meu servo será curado. Pois eu também sou homem sujeito à autoridade, com soldados sob o meu comando. Digo a um: ‘Vá’, e ele vai; e a outro: ‘Venha’, e ele vem. Digo a meu servo: ‘Faça isto’, e ele faz".  A Santa Bíblia relata que ao ouvir a fala do centurião, Jesus admirou-se e respondeu aos que o seguiam: “Digo-lhes a verdade: Não encontrei em Israel ninguém com tamanha fé. Para se ter uma ideia de quem era aquele homem, um centurião romano tinha a responsabilidade de comandar uma centúria, um grupo formado por até 100 homens valorosos. O posto de centurião corresponde ao de um capitão de exército numa hierarquia militar. O império romano tinha muitos grupos destacados - centúrias - em suas províncias e regiões dominadas. Naquele momento, quando Jesus entrou em Cafarnaum, ocorreu o encontro de dois homens, que de certa maneira se identificavam um com o outro. De um lado, Jesus, o filho de Deus que, na sua missão, anunciava o Reino dos Céus, alimentava famintos, dava visão aos cegos, permitia aos paralíticos se erguer e iniciar uma caminhada com as próprias pernas, curava enfermos e libertava homens e mulheres de todos os pecados, mas, sobretudo, era (e é) o enviado do Pai para a salvação da humanidade. Diante do filho de Deus, apresentava-se o centurião cuja fé ia além de qualquer outra que Jesus vira entre os judeus. O centurião reunia o cuidado amoroso pelo próximo e uma grande confiança em Cristo. A história deste fato por Jesus Cristo, ao dizer não ter encontrado tamanha fé em Israel, pode ser aplicado às novas vidas. Quantas pessoas nos dias atuais apegam-se cada vez mais tradições humanas e buscam bens materiais e, por isso, ficam privadas de receber as bênçãos do Pai Celestial. Porém, hoje, queremos encorajar você, meu caro leitor, a seguir o exemplo de fé do centurião de Cafarnaum. Arrependa-se dos seus pecados e tenha um encontro marcante com Jesus. Ele pagou no Calvário pelas transgressões da humanidade, para que todos que Nele creem recebam a oportunidade de a vida eterna. Afinal, a decisão é sua. 
 
MEDITAÇÃO E CONCLUSÃO
Preocupado com essa peste maligna do coronavírus, ceifando a vida dos meus amigos e entes queridos meditei no final de tarde de sábado último, contemplando as ondas bravias do mar revolto debruçado na balaustrada da Av. Getúlio Vargas em Petrópolis, que Deus costuma usar a solidão para nos ensinar sobre a convivência. Às vezes, usa a raiva, para que possamos compreender o infinito valor da paz. Outras vezes usa o tédio, quando quer nos mostrar a importância da aventura e do abandono. Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar a responsabilidade do que dizemos. Usa, também o cansaço, a fadiga, para que possamos compreender o valor do despertar do berço esplêndido. Permite que a enfermidade atinja o nosso corpo, quando quer nos mostrar a importância da saúde. O Criador do Universo costuma usar o fogo para nos ensinar acerca da água. Em outras ocasiões, Ele usa a terra, para que possamos compreender o valor do ar. Enfim, permite que o aguilhão impetuoso  da morte fira o nosso corpo e ele se torne inerte e a ciência declare o fim, mostrando o valor da vida e o segredo do viver.
 
MOISÉS, O LEGISLADOR
Segundo as Santas Escrituras Moisés, foi o grande legislador do povo Hebreu. O seu nome significa: “Das águas te tirei”. Ele viveu cerca de 120 anos: 40 anos no Egito no Palácio de Faraó, pensando do que era alguém; 40 anos no deserto, aprendendo que não era ninguém; e 40 anos, quando tirou o povo de Deus do Egito, depois que falou com Ele diante da Sarça Ardente, descobrindo o que Deus pode fazer de ninguém um alguém. Eís a Suprema Lição!
 
A BÍBLIA NA VACINAÇÃO
Além da vacina de Covid-19, os professores que estão sendo imunizados na cidade de León, no México, receberam outro tipo de “proteção”: um exemplar do Novo Testamento. Na fila enquanto aguardavam a vacinação, os professores que estavam no Poliforum, um centro de eventos no estado de Guanajuato, receberam uma pequena Bíblia, semelhante às encontradas em hotéis. Muitos aceitaram o presente pensando que fosse uma agenda. Quando olharam atentamente para a capa, que dizia: “Novo Testamento, Salmos e Provérbios”, eles entenderam do que realmente se tratava. Nas redes sociais, vários professores compartilharam imagens do presente inesperado. Muitos são de diversas partes do México, como Querétaro, Estado do México, Jalisco e San Luis Potosí. Nos relatos, alguns docentes disseram que foram abordados por membros de igrejas, que aproveitaram a fila da vacina para evangelizar. O exemplar do Novo Testamento é distribuído e fabricado pelos Gideões Internacionais, uma organização dos Estados Unidos fundada em 1899, que se dedica na distribuição de Bíblias em hotéis, escolas, hospitais, presídios e instituições públicas e privadas. Sem dúvida, uma ação louvável que merece o nosso aplauso.
 
GIDEÕES INTERNACIONAIS
Os Gideões Internacionais distribuíram em 2020 mais de 210 mil Novos Testamentos no Rio Grande do Norte, representando um investimento da ordem de R$ 400 mil reais, valor que se origina das doações dos Gideões (homens) e das auxiliares (mulheres). Os números colocam o Estado em primeiro lugar no país, na distribuição dos Novos Testamentos. Os Gideões Internacionais são uma associação interdenominacional de homens de negócio e profissionais cristãos, membros de igrejas evangélicas espalhadas pelo país afora. Eles têm como missão primordial anunciar a Palavra de Deus por meio do testemunho pessoal e da distribuição de Novos Testamentos em mais de 190 países.
 
MALAFAIA IRÔNICO E POLÊMICO
O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no Rio de Janeiro (RJ) publicou um vídeo em suas redes sociais para rebater uma declaração do senador Renan Calheiros (MDB-AL), presidente da Comissão da Covid, instalada no Senado Federal, que pediu ao jogador Neymar que não dispute a Copa América no Brasil. Na gravação, reverendo pentecostal criticou o parlamentar e também à TV Globo. - Esses caras já passaram dos limites. E a Globo. Vocês não têm vergonha na cara? Perderam um monte de coisa e agora são contra a Copa América só pelo interesse porque a Copa América tá na mão do SBT? – questionou.  O líder assembleiano então lembrou dos inquéritos em andamento no Supremo contra Renan Calheiros.– Neymar, faz um pedido para o STF julgar os 10 inquéritos contra o senador Renan Calheiros. Faz outro pedido, dos 11 membros da CPI, seis tem inquéritos no STF. Vamos pedir para botar isso para fora, porque esses caras não têm condição moral nenhuma de estar numa CPI – desabafou.
Irônico e polêmico Malafaia, sempre se comporta como dono da verdade. Enfim, ele foi chamado por Deus, para pregar o Evangelho para a salvação dos pecadores ou para se meter em política partidária, atiçando os poderes. Tenho minha dúvida. O presidente Bolsonaro já tem uma gama de advogados para defendê-lo.
 
DISSEMINAÇÃO DE FAKE NEWS
A revista “Crusoé” passou a participar a partir desta terça-feira, 1º, do Projeto Comprova, coalizão de veículos de comunicação criada em 2018 para verificar a veracidade de informações divulgadas nas redes sociais ou compartilhadas por aplicativo de mensagens sobre políticas públicas, eleições e, mais recentemente, a pandemia de Covid-19. O projeto que agora reúne 33 veículos é liderado pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Para o presidente da entidade, Marcelo Träsel, o ingresso de novos integrantes representa a consolidação da iniciativa. “O Comprova é o maior projeto colaborativo entre redações brasileiras de que se tem notícia, e a participação de cada vez mais organizações locais e especializadas vai tanto ampliar a diversidade quanto aumentar a capilaridade do conteúdo produzido”, afirma Träsel, no Portal do Antagonista.
 
CANDIDATO  INCONDICIONAL
Conta a história que no final de 1959, Quintanilha Ribeiro recebeu a cúpula da UDN (Carlos Lacerda e a raposa política mineira Magalhães Pinto, entre outros), na su residência em São Paulo (SP) numa reunião para pressionar Jânio Quadros a ser candidato a presidente da República, “desde que aceitasse algumas condições”. Incomodado com a pressão, Jânio pediu uma “licencinha” e saiu da sala.Todos ficaram tomando uísque imaginando que o pré-candidato fora ao banheiro ou quem sabe buscar gelo. Até que perceberam que ele simplesmente tinha ido embora. Foi difícil, mas conseguiram convencê-lo a voltar à reunião. E não se falou mais em “condições”. Enfim, Jânio foi eleito presidente da República, em 1960. Renunciou o cargo, em 1961, o que pode ser associada a um conjunto de problemas, dentre os quais: a resistência em adotar uma forma autoritária de governo, defendida pelos militares; reação dos setores conservadores contra a política externa independente, especialmente após a condecoração do líder revolucionário cubano Che Guevara, na reunião de países da América do Sul na cidade uruguaia de Punta del Este; crescente oposição popular, liderada pelo PTB, contrária ao controle da UDN e, em especial, à ascendência de Carlos Lacerda no governo; rompimento com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o lançamento de uma política de integração americana, Operação Pan-Americana (OPA), em contraponto à Aliança para o Progresso.
 
ANIMAL IRRACIONAL
Certa vez no município de Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, em 1974, o vereador Roberto Valadão (MDB) atacou o prefeito da cidade: “O prefeito Teodorico Ferraço é um animal irracional!” Ferraço ficou furioso e processou o adversário, que acabou absolvido. As provocações e os recursos continuaram até que o caso chegou ao Egrégio Supremo Tribunal Federal (STF), anos mais tarde, quando Teodorico era deputado federal. A Suprema Corte confirmou a absolvição de Valadão, que foi à tribuna e comemorou: “O prefeito é um animal irracional, agora transitado em julgado!”.
 
COPA IDEOLÓGICA
Destaco nesta coluna parte do texto do meu querido vizinho do Tirol, jornalista Rubens Lemos Filho, publicado terça-feira, 2 de junho último, no matutino Tribuna do Norte, intitulado: “COPA IDEOLÓGICA”. Em 1983, Ditadura capengando, país com 400% de inflação, devendo as cuecas ao Fundo Monetário Internacional (FMI), cabeças drogadas pela insensatez encampavam campanha pela Copa do Mundo de 1986 no Brasil. A Colômbia, sede de origem, não tinha a mínima condição de sediar os jogos. A CBF, então presidida por Giulite Coutinho, patrono do América do Rio de Janeiro e a Fifa, presidida por João Havelange, eram as maiores entusiastas da ideia, juntamente com a extinta Revista Placar, que chegou a fazer um ensaio de sedes, de belos estádios como o nosso Castelão, que brigaria com o Rei Pelé, de Maceió (AL), para ser uma das subsedes de Recife (PE), com jogos no Colosso do Arruda. O assunto tomou conta do Jornal Nacional exibido pela TV Globo, quando Cid Moreira leu editoriais favoráveis à Copa no Brasil, que perdera, um ano antes, o Tetracampeonato para a Itália no Estádio Sarriá, em Barcelona. Jogadores defendiam a Copa do Mundo, Sócrates, que sempre foi mais militante, temia pelo uso ufanista pelo governo que houvesse, naquela época o Partido dos Trabalhadores (PT) não ganhava nem  jogo de porrinha. Foi aí que o improvável aconteceu. Do seu gabinete no Palácio do Planalto, o general-presidente João Figueiredo, torcedor do Fluminense, deu murro na mesa (ele era uma flor de simpatia) e tomou a atitude que, partisse de Lula ou Bolsonaro, seria classificada pelos furiosos seguidores como de estadista. Figueiredo nem convocou a imprensa, tampouco fez pronunciamento oficial. Emitiu comunicado dizendo que o Brasil não sediaria Copa do Mundo alguma sem condições sociais nem econômicas, que o Governo dele não liberaria um cruzeiro para qualquer reforma ou construção de estádio e o assunto estava encerrado. Naquele tempo, quando o inquilino do poder encerrava o assunto, encerrava de verdade. Figueiredo tomou posição. Depois mandou que esquecessem dele quando entregasse a faixa para o sucessor. Sonhamos e acreditamos em Tancredo Neves, mas o país é tão azarado e funesto, que ele morreu sem tomar posse. A Copa foi no México”.
 
MEIRELES & GUEDES
Não convidem essas duas criaturas para a mesma mesa. Vejam só:Como quem não quer nada, Henrique Meirelles postou em seu Twitter uma autolouvação em relação ao crescimento de São Paulo na Pandemia, comparando-o indiretamente com o do Brasil. Uma provocação sutil do ex-ministro da Fazenda ao atual. Deputado do PSOL pede ao STF que Paulo Guedes seja investigado por atuação na privatização da Eletrobrás.Escreveu Meirelles, em três tuítes: - Desde o quarto trimestre de 2019, a economia paulista já avançou 6,3%, enquanto a economia nacional só agora retoma os níveis daquele momento. - Mais uma vez São Paulo teve desempenho melhor que o do Brasil. Segundo o IBGE divulgou hoje, o PIB brasileiro cresceu 1,2% no primeiro trimestre. As projeções também são favoráveis a SP, que deve crescer acima de 6% este ano.- Boa notícia: o PIB de São Paulo cresceu 1,7% no primeiro trimestre em relação ao anterior, segundo a ade@fundacaose. É mais um sinal da força da economia do estado, que se expandiu mesmo em meio à segunda onda da pandemia, que enfrentamos em março.
 
PROGRAMA
“A Vida como Ela é...” é o título do programa que está sendo apresentado pelo advogado Cyrus Benavides eTom Araújo, desde segunda-feira, 7 de junho, na rádio FM 96 de Natal. O programa é exibido às segundas-feiras, a partir da 8h30, manhã, contando histórias reais e emocionantes ocorrida no Rio Grande do Norte. Segundo o titular do programa Benavides, serão apresentados cominhos e soluções, mostrando que em qualquer situação da vida nada está perdido. Inclusive, os ouvintes poderão participar, seja para opinar no desfecho do assunto ou trazer alguma palavra de conforto para aquele que estiverem sintonizados com a emissora pelo telefone:
 
TELERREABILITAÇÃO
A Universidade Federal do Estado (UFRN), por meio do Centro de Ciências da Saúde (CCS) disponibiliza assistência remota para pacientes de Covid-19, após alta hospitalar. O objetivo é avaliar e oferecer orientações fiosioterapêuticas em função do quadro clínico individual do paciente. O atendimento é gratuito, e os interessados devem fazer agendamento pelos telefones/WhatsApp (84)  98813-7190; 981182 7551 ou 988063286. O Telerreabilitação Após Covid-19 resulta das atividades de pesquisa e extensão realizadas pelo CCS/UFRN, através do Departamento de Fisioterapia, em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS).
 
“O MAIS QUERIDO”
Adriano de Souza está ultimando os preparativos para lançar mais um livro na praça, “O Mais Querido”. A obra relata uma história do ABC Futebol Clube (1915/2020). Ressalte-se que, não é somente a história do alvinegro, do futebol potiguar. É muito mais. Em suas 264 páginas tem passagens valiosas da própria história de Natal, desde a colonização. Um trabalho exuberante de muito fôlego, fundamentado em pesquisas pelos arquivos  de jornais e revista que não existem mais e leituras em vários livros. Um belo trabalho.
 
OBITUÁRIO 1
Morreu segunda-feira, 31 de maio, o locutor esportivo Januário de Oliveira, aos 81 anos, em um dos hospitais de Natal. O narrador enfrentava há muitos anos problemas decorrentes da diabetes, entre eles a perda da visão. Ele esteve 11 dias internado e sofreu uma parada cardíaca, enquanto tratava de uma pneumonia. Icônico locutor, Januário faz parte da história das transmissões esportivas no Brasil. Criador de célebres frases e bordões, trabalhou muitos anos em rádios gaúchas até se transferir para a televisão, onde marcou época narrando na Bandeirantes e TVE grandes jogos das equipes do futebol carioca. Entre as frases mais conhecidas estão: "Tá lá um corpo estendido no chão", "Tá aí o que você queria, bola rolando...", "Cruel, muito cruel", "Ele sabe que é disso, é disso que o povo gosta", "Eeee o gol..." Entre os apelidos colocados nos jogadores, muitos são repetidos até hoje, como: "Super Ézio", "Anjo loiro da Gávea", sobre o atacante Sávio, e "Ta, Te, Ti, To, Túlo...". Nascido em Alegrete (RS), Januário de Oliveira começou a trabalhar ainda em 1950 e ficou no ar até 1998, quando se viu obrigado a parar de narrar devido à cegueira causada pela diabetes. Mantinha em Natal, onde vivia com a família, alguns projetos de locução esportiva. No estado gaúcho, Januário trabalhou nas rádios Farroupilha e Cultura de Begé. No Rio de Janeiro, passou pelas rádios Mauá, Nacional e Globo. Enfim, Foi porta-voz de muitas emoções vividas pelos nossos torcedores. Descanse em paz meu nobre Januário Oliveira.
 
OBITUÁRIO 2
É com grande pesar que comunicamos que partiu para a eternidade sexta-feira, 28 de maio passado, a nossa irmã em Cristo, Vanilza Nunes de Oliveira, dirigente do Departamento Feminino da Assembleia de Deus, setor 37, Zona Norte de Natal. Outra vítima de Covid-19, era esposa do presbítero Artur Oliveira, pessoa bem identificada no segmento evangélico assembleiano. A cura de Deus veio, e de maneira eterna, onde temos a certeza de que não haverá mais dor nem sofrimento. Nossas condolências a todos familiares que choram pela sua partida. Que Deus conforte os corações enlutados.
 
OBITUÁRIO 3
Pastor Nestor Henrique Mesquita partiu para a Eternidade na madrugada de 3 de junho fluente, aos 87 anos de idade, vítima de parada cardíaca, após contrair Covid-19. Estava internado há semanas, em Teresina (PI).Como o último líder da velha guarda, excetuando nosso patriarca, pastor José Wellington Bezerra da Costa, pastor da AD em Belemzinho (SP) foi um homem carismático, sempre alegre e pitoresco, dono de uma história que atravessou gerações, se mantendo na tradição dos antigos, sem as variações impostas pelo tempo e ímpeto das inovações. Durante 30 anos, permaneceu presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus do Piauí  (CEADEP), e por décadas, como notável líder da AD em Teresina, sob o reconhecimento em todo o Estado e nacionalmente. Seu respeito ultrapassou as lindes eclesiais. Além de esposa, filhos e netos, pastor Nestor deixa um legado como líder, gestor, poeta, escritor e pensador, e o reconhecimento de seu pastorado tanto pelas Assembleias de Deus no Brasil, quanto por autoridades de seu Estado.
 
OBITUÁRIO 4
Morte do ex-prefeito do interior do Rio Grande do Norte no dia do aniversário causou comoção no dia de seu aniversário.Trata-se do ex-prefeito de Japi, município do interior do Rio Grande do Norte, Jodoval Ferreira de Pontes, que faleceu de Covid-19, quinta-feira 3 de junho, dia do seu aniversário 58 anos. O seu falecimento repercutiu na cidade e em todo o estado norte-rio-grandense. Nas redes sociais, são muitos relatos tomados de comoção.Jodoval foi internado no Hospital do Coração de Natal com Covid-19 no dia 27 de maio, quando veio a óbito, momento que estava no procedimento de intubação.
 
 
GIRO PELO TWITTER...
 
...O capitão-pastor José Ribamar Lima Martins Chaplain vem desenvolvendo um trabalho profícuo na pregação do Evangelho na Capelania da Polícia Militar do Rio Grande do Norte;
 
...Saber envelhecer é uma arte, dizia o compositor, cantor e ator do rádio brasileiro Adoniran Barbosa. Então, já me sinto um artista;
 
...O missionário Romildo Ribeiro Soares, conhecido como R. R. Soares, 73 anos, líder e fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus, está internado com Covid-19, no hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro (RJ). A informação foi tuítada pelo jornalista e colunista Ricardo Noblat, na manhã desta sexta-feira, 4 do corrente mês, na sua coluna diária em o Globo;