Claudino Leite

12/10/2021
PARE E REFLITA...
“Saudade, ó bela flor, quando te faltem, coração ou jardim, onde tu cresças; vem, vem ter comigo; deixa os que te não seguem, terás em peito amigo lágrimas, que te reguem, espaços, em que floresças” (Gonçalves Dias, poeta, advogado, jornalista, etnógrafo e teatrólogo brasileiro).
 
TESTEMUNHO DA RAINHA
A rainha Vitória da Inglaterra nasceu em 24 de maio de 1819, filha do duque de Kent e da ex-princesa de Leininge, levando o nome de Alexandrina Vitória Regina. Sua coroação aconteceu em 28 de junho de 1833, sucedendo ao rei Guilherme IV, sendo foi sucedida pelo seu filho Eduardo VII. Seu reinado durou 64 anos (1837-1901), e seu governo ficou conhecido como a “Era Vitoriana”, período de grande ascensão da burguesia industrial. Morreu em 22 de  janeiro de 1901, em Windsor, aos 81 anos de idade. A rainha inglesa assistiu a um ofício religioso na Catedral de São Paulo, ouvindo um sermão que a levou a perguntar ao capelão da Corte se podia ficar segura da salvação eterna ainda nesta vida, quando recebeu esta resposta: - “Não sei por que meio se pode ficar absolutamente certo disto. “O diálogo foi publicado nas “Notícias da Corte”, chegando a ser lido pelo humilde pastor John Townsend. Depois de orar e meditar por algum tempo, Townsend enviou à rainha a seguinte carta: “À sua Graciosa Majestade, rainha Vitória, da parte de um dos seus humildes súditos: Com as mãos trêmulas, mas de coração pleno de amor, e também porque eu sei que podemos ter absoluta certeza, desde agora, da nossa salvação eterna, e da posse do lugar que Jesus foi-nos preparar, eu tomo a liberdade de solicitar a Vossa Majestade se digne ler as passagens seguintes das Santas Escrituras: João 3:16 e Romanos 10:9-10. Estas passagens bíblicas provam que há plena segurança de salvação pela fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, para todos aqueles que creem e aceitam a Sua Obra completa. (Assinado) Vosso servo em Jesus. Muitas preces, de numerosos corações, se elevaram a Deus pelo bom resultado desta carta. Cerca de duas semanas mais tarde, chegava um pequeno envelope de volta: A John Townsend: Vossa carta, de data recente, foi-me bem-vinda. Eis resposta, tenho a dizer-vos que li, com muita atenção e orações, as passagens das Santas Escrituras que vós me indicastes. Eu creio na Obra de Cristo cumprida por mim, e pela Graça de Deus, sei que vos encontrarei na morada, de que Ele declarou: “Vou preparar-vos lugar.” Assinado, Vitória Guelph. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16). “Se com a tua boa confessares a Jesus como Senhor, e eu teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Pois com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.” (Romanos 10:9-10). “Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida... Estas coisas vos escrevi para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus.” (1º João 5:12-13). Afinal, isso é uma questão.
 
EU SOU ASSIM...
Não gostaria de envolver-me em alterações e querelas defendendo ideias e posições. Gostaria apenas de poder amar profundamente a todos e por todos ser amado. Eu quero dizer o mesmo com algumas pequenas alterações que, no meu caso particular, julgo necessárias: Não pretendo discutir, jamais, sobre religião, política, preferências pessoais, futebol, gosto e cor. Desejo amar a todos sem preconceito ou distinção e, se possível, gostaria de ser amado da mesma maneira. Com mais de 40 anos de jornalismo, vi bem de perto o bem e o mal, os bons e os maus, a magnanimidade dos vitoriosos e a mesquinhez dos que apenas vencem. Ouvi o sim e o não, o gesto e o silêncio; senti o abraço e o desprezo, sem nunca duvidar que o ser humano é assim. Mereci o intenso desafio de conviver com alguns espíritos geniais e de saber suportar a mediocridade, notadamente a enfatiotada e notável, nos colarinhos duros da prepotência. Afinal, a vida segue.
 
O PORQUÊ DO SOFRIMENTO?
Por que Deus permite que o ser humano sofra? Qual a origem da injustiça? Por que encontramos dificuldades em nossa vida? Com certeza o patriarca Jó fez essas muitas e outras perguntas quando passava pelo momento crucial em sua vida. Tais perguntas, também são dúvidas e questionamentos que todos nós encaramos, diariamente. Mas, prezado leitor, e eu sabemos que nunca teremos resposta. São questões que mostram o quanto estamos vazios.  É um vazio que busca preencher com riquezas, prazeres, saúde ou fama, e quem não consegue esses bens, passa a debater-se com esses questionamentos. Jó sempre será visto como um homem de Deus, servo do Senhor (Jó 1:1). Era rico, tinha muitos bens e uma família saudável. Será que assim é fácil servir ao Senhor? Esse argumento de Satanás que (Jó 1:10). Mais tarde, quando perdeu quase tudo o que tinha, Jó enfrentou, em meio ao sofrimento e à dor, toda aquela carga de dúvida. Estaria Jó duvidando da existência de Deus? Estaria Satanás certo em afirmar que Jó apenas servia ao Senhor por tudo que havia recebido dEle? Jó estava vazio, pois havia perdido os seus bens, à família e a saúde. Porém, a verdade é que as suas perguntas o levaram a buscar a Deus. O seu sofrimento o colocou mais próximo do Senhor Jesus. O patriarca preencheu seu vazio por meio da comunhão com Cristo Jesus. Somente, quando o Mestre habitou no lugar que lhe era devido em sua vida, Jó teve o vazio preenchido. Quantas pessoas não vivem como Jó e conhecem a Deus apenas de ouvir falar?  Afinal, é preciso conhecê-Lo de perto.
 
INVOCAR A DEUS
“O Senhor está perto de todos que invocam, de todos os com sinceridade. Ele realiza os desejos daqueles que o temem; ouve-os gritar por socorro e os salva” (Salmos 145:18-19). A vida às vezes nos proporciona momentos difíceis. Não estamos sozinhos em meio as dificuldades. Deus está conosco. Através de Jesus temos acesso ao Pai Celestial. Deus também nos deixou a sua Palavra. Por intermédio da Bíblia Sagrada podemos ter ciência do que Deus já fez e fará por nós. Na Palavra da Verdade podemos ter consciência das promessas que o Mestre preparou para nós. Deus nos amou antes de tudo. Ele quer nos ouvir, abramos, pois nossos corações. Quando as adversidades da vida parecerem mais fortes, não desanime: Deus cuida de nós!
 
MARCHA PARA JESUS
O deputado estadual evangélico Jacó Jácome (PSD) destinou emenda parlamentar da ordem de R$120 mil reais para a Marcha para Jesus de Natal. O evento foi realizado sábado, 9 de outubro, contando com a participação de 8O igrejas, realizando ações solidárias, como arrecadação de alimentos e donativos para serem doados em instituições sociais da capital. “A Marcha para Jesus sempre contou com meu apoio, pois sei da importância espiritual e social  que este evento presta ao Rio Grande do Norte", ressalta o jovem parlamentar. Em seu gabinete ele recebeu os coordenadores do evento. A concentração ocorreu às 13 horas, ao lado do Shopping Midway com encerramento no Papódromo no Centro Administrativo, em Lagoa Nova. Entre as atrações participaram os cantores gospel Regis Danese, Wesley Santos e Marquinhos Gomes, revelou o coordenador da Marcha, pastor Sidiney Rocha, líder da Igreja Evangélica Renascer de Natal.
 
POVO CRISTÃO
A imensa maioria do povo cristão passa fome. Não possui o que vestir nem calçar. Há milhões de desempregados e parte envereda pela prostituição, violência e morrem à míngua sem remédio nem hospital. A ordem estabelecida pelos sinais do tempos é a solidariedade, o sacrifico e a caridade, já que os governos são falhos e demorados para agir nesse sentido. Sonho com um dia em que, as igrejas de todos os credos transforme os seus repetidos cultos, missas e atos religiosos em campanhas efetivas em favor das favelas, dos abrigos, dos cárceres, dos orfanatos, além dos marginalizados de toda a sorte. Não se edifica a fé e a salvação do cristão erigindo-se catedrais ou complexos turísticos suntuosos, mas investindo-se na sua humanidade. Porém, isso, dirão, não dá lucro ao construtor. Quando se alargam as portas para as coisas materiais, fecham-se as espirituais.
 
POSSE
O professor e pastor, Rafael Jácome tomou posse na sexta-feira, 8 de outubro último, como dirigente da Igreja do Ministério Internacional Emmanuel, na cidade de Macaíba, região Metropolitana de Natal. Ao colunista, ele revelou “que será mais um desafio nessa nova experiência, especialmente, diante de uma realidade em que o povo está descrente das igrejas, havendo muito confronto com as autoridades eclesiásticas, acrescentando que o seu foco maior é levar a mensagem de Cristo para a salvação dos pecadores, focalizando a juventude dentro do contexto social, cultual e político”. Desejo que o ministro evangélico tenha um ministério profícuo que engrandeça o Reino dos Céus.
 
DALIANA NA STTU
O prefeito de Natal, Álvaro Dias confirmou um nome técnico para comandar a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU). É Daliana Bandeira Luz Monteiro dos Santos, filha do casal amigo, José Maria Monteiro dos Santos e  engenheira Elêucia Bandeira Luz dos Santos. A nova titular da STTS tem mestrado em Engenharia de Trânsito pela Universidade de Brasília (UnB), além de doutorado pela Universidade de Coimbra (Portugal). Daliana substitui Paulo César Medeiros, que entregou o cargo por questões de saúde. Parabéns, Zé Maria e Elêucia pela escolha da talentosa filhota. O ato foi publicado no Diário Oficial do Município na semana passada.
 
AS NUVENS DA POLÍTICA
“Política é como uma nuvem você olha ela se apresenta de um jeito. Depois de cinco minutos você olha, novamente, e ela já mudou de posição”. A frase é atribuída da saudosa raposa política mineira Magalhães Pinto, que foi além de advogado, economista, banqueiro e político brasileiro com atuação em  Minas Gerais (MG), estado do qual foi governador e representou no Congresso Nacional. Participou ativamente da conspiração que precedeu o Golpe Militar de 1964 no Brasil, que deixou mazelas intocáveis na Pátria Brasileira. Sem dúvida, a frase cabe ser relembrada nestes dias trepidantes vivenciados pela Pátria Brasileira.
 
HUMOR DO SUPERINTENDENTE
Relembro como detalhe de humor, gosto de repetir a reação do Superintendente do extinto matutino Diário de Natal, Luiz Maria Alves, quando um copidesque do jornal  tascou na cabeça da página policial - era sempre a sexta página do primeiro caderno: “Mulher assassinada com tiro na mama”. Alves subiu as escadas da redação, foi à mesa do redator que traduzia os textos de Pepe dos Santos, o inesquecível repórter policial, e ordenou: “Neste jornal, seu Givaldo Batista, peito é peito. Mama é para consultório médico”. Ora, Luiz Maria Alves era um defensor da objetividade rigorosa no texto jornalístico. Seguia, como se fosse uma Bíblia, o “Manual do Jornalismo”, de John Hohenberg, um americano traduzido no Brasil pela Fundo de Cultura, em 1960.
 
A SUPREMACIA HUMANA
Sem dúvida, mostrou-se quando o WatsApp, o Instagram e o Facebook pifaram no mundo inteiro na semana passada. O velho e bom Plano B que só as pessoas sabem usar, garantiu a sobrevivência de todo mundo. Minha vida, simples demais, não mudou nada. Porém, alguns tecnocratas e moderninhos de escritório computadorizado, foram à loucura. Negócios, negócios, negócios, protestaram depois. Malandro bom é o que  conjuga o verbo improvisar. 
 
RIBEIRA
Se você, não acredita na revitalização da Ribeira de Natal, mude já de opinião. O velho e histórico bairro acaba de receber um importante empurrão para seguir em frente e recuperar as suas tradições, sua rica história:  uma casa funerária. Está instalada na sua principal avenida, a Duque de Caxias, ocupando o térreo do Edifício Bila, no mesmo piso onde até pouco tempo abrigava um restaurante ou casa de lanche.
 
GÁS SOCIAL
Quarta-feira, 29 de setembro, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei (PL), criando o auxílio “Gás Social”. O auxílio é um subsídio a famílias de baixa renda para a compra de gás de cozinha. Durante a votação, um fato chamou atenção dos parlamentares e de quem acompanhava a sessão. O pastor Izidoro e deputado federal (Avante-BA), além da sua Bíblia, que costuma carregar em todas as sessões, levou com um botijão de gás nas costas. Em seu discurso, o reverendo apoiou o projeto de lei, que foi aprovado de forma simbólica. “O gás precisa ser barateado durante a vida toda, porque a dona de casa e os pais de família não tem como comprar, diante do preço exorbitante que está”, desabafou o parlamentar. Para entrar em vigor, o texto do “Gás Social” precisa ser aprovado pelos senadores e, em seguida, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro. Pela proposta, o valor do benefício deve ser fixado, semestralmente e será de, no mínimo, metade da média do preço nacional de um botijão de 13 quilos de gás liquefeito de petróleo (GLP). O preço médio do gás de cozinha era de R$ 98,70, na terceira semana de setembro, segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP).
 
OBITUÁRIO
. "Uma mulher reservada, mas de coração imenso". É assim que familiares descrevem a médica proctologista Maria Altamira de Oliveira, 71 anos, falecida domingo, 5 de outubro, em um hospital privado em Natal, vítima de Covid-19. Segundo as autoridades de saúde, ela foi o sétimo óbito registrado no estado e o segundo na capital, desde o início da Pandemia. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a Altamira esteve nos Estados Unidos entre 7 e 18 de março e, depois de voltar, no dia 21, começou a sentir os sintomas do vírus. Compadre da médica e marido da sobrinha Lúcia de Fátima, Idnaldo Morais, conta que a médica sequer pisou no apartamento em que morava, ao voltar da viagem de trabalho. A profissional de saúde participara de um congresso da área de proctologia.
. Sábado de saudade! Notícia da morte do padre Tiago Theisen, aos 90 anos, deixa à família católica de luto. O sacerdote faleceu sábado, 8 de outubro, no Hospital Rio Grande de Natal, vítima de uma parada cardiorrespiratória. O religioso era pároco emérito da Capela de Santa Maria Mãe na Zona Norte de Natal, o qual desenvolvia uma fecunda atuação religiosa. Conhecido como grande construtor de igrejas, além de desenvolver um trabalho importante de acolhimento aos pobres, inclusive já tendo sido agraciado com o título de Cidadão Natalense, pela Câmara Municipal de Natal (CMN), pelos valiosos serviços prestados à comunidade. O religioso  belga nasceu em Namur  (Bélgica) e tinha Natal como sua cidade predileta desde 1968, quando veio desenvolver o seu sacerdócio, encontrando apoio irrestrito de Dom Nivaldo Monte, arcebispo potiguar na época. Enlutada a Arquidiocese de Natal divulgou uma nota de pesar pelo seu falecimento.
 
GIRO PELO TWITTER...
... Ótima notícia galera: A gasolina e o gás de cozinha mais caros para as distribuidoras a partir de sábado, 9 de outubro. O aumento pela Petrobrás é de 7,2 em cada produto. Quem paga o pato é o consumidor. Pobre Nação!
... Parabenizo a minha madrinha professora Simone Cristina de Lima, regente do conjunto vocal “Elos”, da Assembleia de Deus, no bairro de Dix-Sept  Rosado em Natal, e esposa do pastor e PhD, em História, Eli Paz de Lima, que amanheceu de idade nova, terça-feira, 5 de outubro, recebendo os mimos daqueles que lhe são queridos. Desejo-lhe longuras de anos e bênçãos de Deus nesse novo ciclo de vida. Leia e medite no Salmo 91;
... Outro natalício digno de registro é da minha amiga desde o tempo da assessoria de imprensa da Universidade Federal (UFRN), jornalista a advogada, Tiana Bezerra, que comemorou quarta-feira, 6 de outubro, com todas as pompas que manda o figurino mais um ciclo de vida. Dotada de uma legião de amigos, a nataliciante  foi muito cumprimentada por aqueles  lhes são queridos, além dos colegas de profissão. Que os seus dias sejam abundantes, alegres e prósperos;
... Sábado, 2 de outubro, foi o aniversário de nascimento de Alberto Maranhão (1872), 149 anos. Duas vezes governador do RN. A cultura e as artes foram as principais metas do seu governo. No primeiro mandato construiu e inaugurou (1904), o Teatro Carlos Gomes que hoje tem o seu nome. O teatro está fechado há seis anos, herança ainda do governo passado;
... Estará afivelando as malas, no dia 21 de outubro para Óbidos, em Portugal, o Presidente da Academia Norte-rio-grandense de Letras, ex-reitor da Universidade Federal (UFRN), escritor, Diógenes da Cunha Lima. Participará do festival literário da cidade portuguesa que tem oito livrarias;   
... A Academia Norte-Rio-Grandense de Letras homenageia 100 anos de Aluízio Alves, o político e o intelectual, em sessão presencial, às 18 horas, do dia 14, quarta-feira, na sede da academia; 
... As próximas duas vagas de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE) serão abertas em 2024. A de auditor, com a aposentadoria da conselheira Adélia Sales, nomeada em lista tríplice de autores; e a vaga do conselheiro Tarcísio Costa, indicação direta do governador em exercício; e
 ... “É quase uma eutanásia disfarçada. É um crime contra a vida das pessoas num ambiente hospitalar”.Do senador Otto Alencar (PSD-BA), denunciando o tipo de tratamento oferecido a pessoas acometidas pela Covid-19, por um plano de saúde para idosos.