Emanuela Sousa

12/06/2022

 

Instalaram no primeiro andar do shopping da Avenida Paulista uma bela decoração para o dia dos namorados, com a frase, em vermelho gritante escrito "All you need is love", possivelmente uma referência à música dos The Beatles. 
 
Não bastasse a bela decoração, os enfeites e os corações em volta, para que os casais ficassem à vontade para tirar selfie e etc. 
Uma bela homenagem.
 
Sentei-me na praça de alimentação, como de costume, almocei e por alguns minutos questionei... "Tudo que a gente precisa é de amor… Mas será que é tudo mesmo?"
 
Logo senti um breve desconforto após a triste descoberta. 
 
Mas como viver de amor em tempos tão difíceis e de crise econômica e política? 
Lembrei do aluguel que vence no final do mês, do boleto, da faculdade... Será que vou conseguir quitar todas as dívidas até o fim do mês? 
Logo me vem o embrulho do estômago. Desesperança ... Medo. 
Não dá para pensar no amor romântico, não o tempo todo, a resposta é clara e curta: não. 
 
Quando descobrimos que o número de moradores de rua dobrou no último ano, devido à pandemia. 
Não dá para viver de amor romântico, quando hoje vamos ao supermercado com uma simples lista e deixamos metade do nosso salário. 
 
Felizes eram os tempos dos escritores e  romancistas no século XVII e XIX, que não tinham tantas preocupações, e assim ocupavam seu tempo escrevendo roteiros, cartas e poemas, pensando no amor ideal. 
 
No mundo moderno, crescemos com a doce ilusão que o amor por si só basta, até que abrimos os olhos e vemos as tragédias no nosso dia a dia e as injustiças no mundo, que nos deixam de cabelo em pé. Logo percebemos que precisamos de outros complementos para sobreviver. 
 
Precisamos sim viver de e com amor, mas nos tempos de hoje também precisamos de estabilidade, de um salário digno, de moradia, saúde mental e fôlego, coisa que foi perdida nos últimos dois anos. 
 
Me desculpem os Beatles e o capitalismo, mas… Não posso compartilhar da mesma ideia. Uma vez que o mundo está pedindo mais de nós. Solidariedade, empatia, pessoas justas no poder, coerência… 
 
Assim que conquistados, estaremos saudáveis e prontos para amar quem a gente quiser.