Liliana Borges

18/06/2022

 

FESTAS POPULARES, Santo Antônio em Lisboa…

 

Dois anos com a pandemia que silenciou as Festas dos Santos Populares no país, como também, a maioria dos eventos culturais por todo o mundo. Este ano voltaram com muita animação, desde 28 de maio iniciaram as comemorações que segue até 30 de junho com vários concertos, teatro, cinema, exposições, arraias…
 
Lisboa estava magnífica com a tradicional Festa de Santo Antônio, onde 12 e 13 de junho é o ponto alto da festividade que a cidade transborda de emoção a flor da pele. Dia 12 realizaram os casamentos na Sé, desfile das marchas na Avenida da Liberdade e arraias por todos os lados, no dia 13, feriado em Lisboa, a procissão de Santo Antônio percorre as ruas estreitas de Alfama e por onde passa vai acrescendo novos adeptos e fiéis ao cortejo.
 
Os lisboetas fizeram acontecer mais uma vez uma das mais belas festas da localidade que sempre são recheadas de turistas a engrandecer o evento. Ao longo das ruas dos bairros históricos estavam repletos de pessoas circulando com alegria contagiante ao som de animadas músicas e as vezes tocadas até as brasileiras.
 
Ademais o cheiro aguçado das iguarias regionais que despertam nosso paladar como as tradicionais sardinhas na brasa servidas no pão, bifanas, pregos, caracóis, farturas, além de ser regados pelas refrescantes e deliciosas sangrias, cervejas e mais os preciosos vinhos nacionais. 
 
As Festas dos Santos em Portugal são comemoradas como as nossas Juninas nas mesmas datas, porém são muito diferentes quanto a decoração e culinária. Aqui quase não encontramos bandeirinhas e nem muito menos balões, fogueiras, fogos de artifícios e comidas típicas derivadas do milho. Entretanto nos deparamos com inúmeras outras preciosidades que enchem nossos olhos com sua beleza e diversidades harmonicamente unindo história, cultura, gastronomia, diversão e religiosidade.
 
Curti a festa com amigos no tradicional Bairro da Graça, onde outrora foi um bairro operário que ainda possui graciosas vilas entre elas a Vila Bertha projetada e construída entre 1902 e 1908 por um empresário brasileiro, Joaquim Francisco Tojal, filho de pais emigrantes portugueses, cujo nome da vila deu o mesmo de sua filha. Ele começou suas atividades como marceneiro até constituir importante empresa no ramo da construção civil. 
 
Atualmente na vila ainda possui algumas residências que são de seus descendentes e, neste período os moradores se unem e organizam a badalada “Festa de Santo Antônio da Vila Bertha” que tornaram uma festa muito concorrida, onde as pessoas disputam um precioso espaço para participar da celebração, este ano tive a oportunidade de conhecer ao vivo e a cores, simplesmente espetacular! 
 
A origem das Festas de Santo Antônio está relacionada a antigos rituais pagãos, o cristianismo, o solstício de verão no hemisfério norte que acontece no final do junho e as colheitas, qualquer que seja exatamente o motivo, naturalmente, as pessoas celebram o verão e a vida com música, dança e na região com muito vinho.
 
Santo Antônio nasceu em Lisboa por volta de 1191 e viveu em Pádua na Itália os últimos períodos de sua vida, morreu em 13 de junho de 1231, foi canonizado pelo Papa Gregório IX em 1232, ficou conhecido pelos seus devotos como “Santo Casamenteiro”, protetor dos namorados e casados, protetor da casa e família, advogado das almas no purgatório e que ajuda a encontrar objetos perdidos.
 
O Santo é lisboeta e, assim, considerado pela população o padroeiro da cidade que foi escolhido e adorado pelo povo. O local onde hoje esta a Igreja e o Museu de Santo Antônio foi sua residência, a igreja foi destruída no terremoto 1755 e posteriormente reconstruída através de donativos da população durante longos anos, porém São Vicente é o padroeiro do Patriarcado de Lisboa de origem espanhola quem foi martirizado no século IV e seu corpo jogado ao mar encontrado em Sagres ao sul de Portugal. 
 
As Festas Populares são maravilhosas, por todos os lados nas vilas, freguesias e cidades comemoram os “Santos”, cada lugar com seus encantos e agora, então, depois de dois anos sem estes eventos é muita alegria… 
 
Nada melhor que celebrar a vida…

 

Confira o vídeo sobre o assunto no meu canal no YouTube: LILIANA BORGES EM PORTUGAL: https://youtu.be/H-F4esEcASI