Samu Natal adere a greve dos servidores municipais

30/11/-0001

Por: Nominuto
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Natal decidiu aderir à greve dos servidores municipais, que estão parados há 30 dias. Somente cinco das 12 ambulâncias estão em atividades.

Os funcionários do Samu reivindicam adicional noturno, pagamento das férias e melhores condições de trabalho. Esse adicional foi cortado em até 80% entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. De acordo com Paulo Bandeira, coordenador do Comando Geral de Greve, alguns veículos estão funcionados na base da “gambiarra”.

“[O Samu] é um serviço que precisa de extremo cuidado”, disse o coordenador do Comando de Greve. Além do Serviço, também estão em greve os vigilantes da Guarda Municipal e os plantonistas dos serviços de saúde oferecidos pela Prefeitura do Natal.

No dia 29 de agosto houve uma audiência no Tribunal de Justiça entre representantes da Prefeitura Municipal com representantes dos servidores municipais. Contudo, as negociações não foram para frente. No próximo dia 04 de setembro, os funcionários estarão acampados em frente ao prédio da Prefeitura.