Senador Cristovam Buarque em Natal nesta terça, 30 de julho

29/07/2013

Por: Sheyla Azevedo

Ele quer federalizar as escolas públicas do Brasil tornando-as, desse modo, escolas modelo e de excelência. Bandeira que vem defendendo desde que foi ministro da Educação do Governo Lula e depois amplamente divulgada em sua campanha presidencial. O atual senador da República, pelo PDT, Cristovam Buarque estará em Natal amanhã, terça-feira, 30 de julho, para defender suas ideias de como deve ser encarada a educação no Brasil. O evento é aberto ao público, será na Assembleia Legislativa, a partir das 19h30, e faz parte do Seminário Verde, uma proposta do Diretório Estadual do Partido Verde do RN, em parceria com a Fundação Verde Herbert Daniel.

Cristovam Buarque é formado em Engenharia Mecânica, pela Universidade Federal de Pernambuco, sua terra natal. Já na época de estudante começou a se envolver com política estudantil, tendo sido militante da Ação Popular, um grupo ligado à Igreja Progressista de Esquerda. Após o golpe militar de 1964, devido às perseguições da ditadura,decidiu por um autoexílio na França, onde obteve o doutorado em Economia pela Universidade de Sorbonne (Paris). Trabalhou no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) entre 1973 e 1979, tendo ocupado postos no Equador, em Honduras e nos Estados Unidos.

Sua carreira no Brasil inclui o cargo de reitor da Universidade de Brasília, o primeiro a ser escolhido através de eleição direta. Governou também o Distrito Federal e foi ministro da educação (2003 e 2004). Também foi consultor de diversos organismos nacionais e internacionais no âmbito da ONU. Presidiu o Conselho da Universidade para a Pazda ONU e participou da Comissão Presidencial para a Alimentação, dirigida por sociólogo Herbert de Souza. Buarque também é membro do Instituto de Educação da Unesco.

Criou a ONG Missão Criança, que patrocina um programa de bolsa-escola para mais de mil famílias, com recursos oriundos da iniciativa privada. Ganhou o Prêmio Jabuti de Literatura de 1995,na categoria Ciências Humanas.

Sua principal bandeira de luta tem sido promover uma "revolução pela educação". O projeto bolsa-escola, implementado no Distrito Federal durante seu governo, foi premiado no Brasil e no exterior.

 

Fonte: Assessoria