Câmara dos Deputados fará homenagem a Paulo Freire nesta terça

30/09/2013

Por: Assessoria de Imprensa
As Comissões de Educação e de Cultura da Câmara dos Deputados realizarão na próxima terça-feira , 01/10, duas audiências públicas, a pedido da deputada federal Fátima Bezerra (PT/RN) e do deputado José Stédile  (PSB/RS).
 
A primeira audiência ocorrerá às 14h30, no plenário 8 e fará  uma homenagem ao professor Paulo Freire patrono da Educação Brasileira, pelos 50 anos de trabalho pioneiro de alfabetização de jovens e adultos, em Angico, no Rio Grande do Norte.
 
“Paulo Freire é mundialmente reconhecido pela significativa contribuição à educação, é um dos pensadores brasileiros mais respeitados e  figura de maior destaque na educação brasileira contemporânea. Pelo que representa sua luta em defesa da educação, considero oportuno que a Câmara dos Deputados faça este registro dos 50 anos do trabalho pioneiro de Paulo Freire na alfabetização de jovens e adultos na  cidade de Angicos, considerada também como as 40 horas de esperança”, declarou Fátima Bezerra.
 
Foram convidados para a audiência: Aloizio Mercadante Ministro da Educação, Nita Freire e Lutgardes Costa Freire, familiares de Paulo freire; Maria Eneide de Araújo Melo e Luzia de Andrade, Alunas de Angicos; e Marcos Guerra, coordenador do projeto de alfabetização em Angico. Também estarão presentes representantes do MOVA Brasil; do Instituto Paulo Freire; do legislativo e reitores das universidades do RN; além de professores e pesquisadores, como Donaldo Macêdo, professor da Universidade de Massachussets.
 
A outra audiência pública será realizada no período da manhã, às 9h30, no plenário 10 e discutirá as Políticas Públicas para o Livro, Leitura e Biblioteca.
 
De acordo com Fátima Bezerra, a audiência tem a finalidade de chamar a atenção da Câmara e da sociedade para uma questão importante: o acesso ao livro, à leitura e a biblioteca, como forma de melhorias para a educação do nosso país. “Sabemos que o livro, a leitura e as bibliotecas constituem elementos fundamentais para a construção de uma sociedade democrática, assim se trabalhadas de forma continua, diante da diversidade de ideias, para que haja o bom exercício da cidadania”, disse.
 
Foram convidados para a audiência Marta Suplicy, Ministra da Cultura;  José Castilho, Secretário Executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura do Minc;  e representantes da cadeia do livro e da biblioteca do país.

Fonte: Assessoria de Imprensa