SESI Big Band e Coral Harmus fazem concerto gratuito nesta terça no TAM

28/04/2014


De maneira inédita em Natal e no Nordeste será apresentado nesta terça-feira, 29, às 20 horas, no Teatro Alberto Maranhão, o “Sacred Concert” de Duke Ellington pela SESI Big Band, com participação especial do Coral Harmus e da maestrina e soprano Leninha Campos. O concerto, com entrada gratuita, presta homenagem ao Dia Internacional do Jazz.


“Escolhemos o “Sacred Concert” por se tratar de uma obra jazzística, que se coloca muito bem para uma data especial que é o Dia Internacional do Jazz, comemorado no dia 30 de abril. Nosso concerto é dia 29, mas resolvemos prestar esta homenagem, também pela grandeza da obra”, disse o maestro e diretor da SESI Big Band, Eugénio Graça.


Graça explicou ainda que o show terá o repertório normal da Big Band – vai do Swing até o Latin Jazz, passando pelo Bebop, Funk Jazz e Free Jazz – mas que dentro dele, durante 50 minutos, o Coral Harmus apresentará o “Sacred Concert”. “Lembro que esta obra traz o coral sinfônico numa apresentação que nunca foi feita no Nordeste. No Brasil só aconteceu uma apresentação no Sul, ou seja, este é um espetáculo único, imperdível para quem aprecia a boa música”, afirmou.

Sobre “Sacred Concert”
Gravação realizada no dia 16 de setembro de 1965 (http://www.youtube.com/watch?v=r8T5-AxBUwI), na Grace Cathedral, em São Francisco, da estreia dos “Concertos Sagrados” que Ellington deu entre 1965 e 1973. Com estas obras, Ellington procurou fundir a liturgia cristã com o jazz. À frente de uma orquestra de quinze músicos, incluindo alguns convidados, dirigiu uma música de forte carga espiritual, onde se faz sentir com particular acuidade a religiosidade do povo negro. O músico compôs mais de 3000 peças, mas classificou esta como estando entre as melhores que escreveu para a sua orquestra.

Edward Kennedy "Duke" Ellington foi um dos mais importantes e influentes compositores afro-americanos. Numa carreira que abrangeu mais de meio século de intensa atividade, o seu trabalho abarcou outros campos estéticos, como a música clássica, o blues, o gospel  e a música popular. O seu legado é imenso e continua a ser redescoberto pelas novas gerações de melómanos. Ellington nunca se acomodou ao rótulo “jazz”, descrevendo a sua música como “música americana”.
 

Coral Harmus
O Coral Harmus tem uma trajetória musical de 16 anos, é vinculado à Secretaria Extraordinária de Cultura do Estado do Rio Grande do Norte e conta com 50 cantores dentre eles professores e estudantes de música, instrumentistas, como também pessoas que passam a ter o seu primeiro contato musical através do Coral Harmus. Participou de várias gravações de trilhas sonoras, encontros nacionais e internacionais de coros, além de várias outras participações igualmente importantes No Brasil e no exterior.


Big Band
A SESI Big Band é uma orquestra de Jazz formada pelos instrutores/professores do projeto SESI Arte do RN. O projeto tem como foco o ensino da música através de instrumentos musicais e está em atividade nas Unidades Operacionais do SESI-RN: Natal, Mossoró, Macau e Assu. A direção do projeto é do maestro Eugénio Graça e inclui ainda cinco saxofones, cinco trombones, quatro trompetes, tuba, contrabaixo, piano, guitarra, percussão, bateria e voz. O repertório da SESI Big Band vai do swing até o Latin Jazz, passando pelo Bebop, Funk Jazz e Free Jazz.

Maestro Eugénio Graça
Músico, professor e maestro, com mestrado e doutorado, nasceu em 1978 em Portugal. Iniciou estudos musicais com 6 anos de idade na Orquestra Filarmónica de Vagos, ingressando aos 10 no Conservatório de Música de Aveiro, onde estudou saxofone. Fez o Curso Internacional de Saxofone no Conservatório Superior de Música de Amsterdam. Frequentou por dois anos o curso livre de Saxofone na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto com Henk Van Twillert. Fez vários workshops de saxofone em países como França, Itália, Espanha e U.S.A (área jazz).  Depois de concluídos todos os seus estudos clássicos deu os primeiros passos no jazz com a participação em vários Workshops e Masterclass's. Estudou Latin Jazz em Havana (Cuba) na Afro-Cuban Jazz summer School.

Solista e maestrina Leninha Campos
Bacharel em Canto, especialista em Filosofia, e além do Coral Harmus, rege também o Coral Petrobras Natal, o Coral do Complexo Cultural de Natal e é professora da Universidade do Estado do RN. Em 2005 regeu a Missa de Alcaçus de Danilo Guanais em São Paulo, em 2006 participou da turnê do Coro Cantosospeso pelo Brasil, em 2008 fez concertos em São Paulo e Milão-Itália, em 2009 promoveu o Seminário de Música Coral com a maestrina paulista Mara Campos em Natal, em 2010 e 2011 foi orientadora musical do Festival SESI Música. Ministrou palestra sobre regência coral em Salvador-BA, atuou como professora em regência nos Seminários de Música promovidos pela Fundação José Augusto em várias cidades do RN e também no Curso de Licenciatura em Música da Universidade do RN.

Fonte: Tacito Costa