41ª Exposição Agropecuária do Seridó terá exposição regional batendo recorde

02/05/2014


A Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape) do Governo do Estado, Prefeitura de Caicó, Associação Norte-rio-grandense de Criadores de Ovinos e Caprinos (Ancoc) e a Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc) anunciam a realização da 41ª Exposição Agropecuária do Seridó. O evento acontece de 16 a 18 de maio no Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel, em Caicó.

Todos os órgãos vinculados a Sape irão participar da Exposição com seus serviços. A Emater-RN, por exemplo, irá realizar oficinas e mostra de produtos adquiridos pelo Programa Compra Direta, como acontece todo os anos. O instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Seridó (Idiarn) irá garantir a vigilância sanitária do evento, ao mesmo tempo em que estará incentivando os criadores sobre a vacinação contra a Febre Aftosa.

Já a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), além de oferecer animais de altíssima genética no grande Leilão Seridó Terra do Leite, que acontece no sábado (19), a partir das 18 horas, disponibilizará cerca de 40 lotes, entre tourinhos e matrizes das raças Gir, Guzerá, Pardo Suíça, Sindi e mestiços para comercialização.

Os criadores que arrematarem animais durante o Leilão Seridó Terra do Leite, organizado pelo leiloeiro rural Eduardo Melo, poderão realizar os pagamentos em até 20 parcelas sem juros.

Além do julgamento de animais, torneios leiteiros, apresentações artísticas, festival culinário e da feira de máquinas e implementos agrícolas, um dos pontos altos da Exposição será a realização da 4ª Exposição Regional Nordeste de Boer, promovida pela Associação Brasileira de Criadores da Raça Boer. Pela primeira vez o evento acontece numa cidade do interior do Nordeste.

Segundo Alexandre Confessor, Presidente da Ancoc, todos currais e argolas da Exposição já foram vendidos, o que estimulou a Secretaria Estadual da Agricultura a autorizar a instalação de mais 50 currais móveis, representando um crescimento de 60% na capacidade instalada do local destinado a caprinos e ovinos. Da mesma forma, foram feitas adequações nas instalações fixas do Parque Monsenhor Walfredo Gurgel.

A 41ª Exposição Agropecuária do Seridó também comemora o reconhecimento internacional, pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), da reclassificação do Rio Grande do Norte como área livre da Febre Aftosa com vacinação, que será publicado este mês.

A Coordenadoria de Eventos da Sape prevê que este ano a Exposição baterá todos os recordes de público e comercialização devido ao retorno das chuvas, ampliação do Parque, ao nível de mobilização e organização e às facilidades de financiamentos do Banco do Brasil e Banco do Nordeste, que terão equipes atuando antes e durante a feira, disponibilizando recursos para a aquisição de animais, ração e máquinas agrícolas. Os currais e argolas já foram praticamente todos vendidos.

Para o secretário estadual da Agricultura, Tarcísio Dantas, a 41ª Exposição Agropecuária do Seridó também será uma grande oportunidade para o Idiarn e a Emater-RN intensificarem a divulgação da primeira etapa da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa, que vai até o próximo dia 30. “O objetivo maior é atingir a meta de 90% do índice vacinal e conscientizar os criadores sobre a importância de declarar a vacina até o dia 15 de junho num dos postos do Idiarn ou da Emater. No ato da Declaração, também faremos o recadastramento do rebanho, já que hoje não podemos precisar quantos animais sobreviveram à seca. Somente com este diagnóstico poderemos traçar políticas públicas eficientes de apoio à atividade agropecuária”, declarou o secretário.

A 41ª Exposição Agropecuária do Seridó será aberta na sexta-feira (16), às 19h30, e conta com o apoio da Associação Seridoense de Criadores (Asserc), Emater-RN,Idiarn, Emparn,Federação da Agricultura do RN e SEBRAE.

 

Fonte: Blog Grande Ponto