RN teve queda de 19% no número de mortes violentas de 2017 para 2018

27/02/2019


Foto: Internet
Levantamento feito pelo portal de notícias G1 com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal aponta queda de 19% no número de mortes violentas no Rio Grande do Norte. Segundo o estudo, foram registrados 1.819 assassinatos no ano passado, ante 2.246 em 2017.
 
De acordo com o G1, Pernambuco, considerado um dos estados mais violentos do Brasil, foi o que teve a maior redução percentual no número de vítimas de crimes violentos. Foram 4.170 mortes em 2018, contra 5.427 em 2017. Apesar disso, a taxa de mortes a cada 100 mil habitantes continua alta: 43,9.
 
Apenas três estados do Brasil registraram um aumento no número de crimes violentos.
 
Roraima teve a maior alta: 54%. Foram 345 mortes em 2018, contra 224 em 2017. Com isso, o estado, que foi alvo de uma intervenção federal, passou a ter também a maior taxa de mortos a cada 100 mil no país: 59,8.
 
Tocantins aparece na segunda posição, com uma alta de 44%. Foram 421 casos em 2018, ante 293 em 2017. O Amapá completa a lista dos três estados com crescimento no número de mortes em um ano. A alta foi de 10% de 2017 para 2018.
 
O Brasil teve uma redução de 13% no número de mortes violentas em 2018. Foram registrados 51.589 assassinatos no ano passado, ante 59.128 em 2017. Apesar da queda, o número de vítimas ainda é alto. São 24,7 mortos a cada 100 mil habitantes.
 
Estão contabilizadas as vítimas de homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Juntos, estes casos compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.
 
O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
 

Fonte: G1 e De Fato