Juíza manda soltar homem que causou acidente que matou professora do Salesiano

02/10/2019

Por: Redação PN
Foto: Reprodução / Internet
O oficial de justiça Josias Teixeira de Morais, que provocou o acidente que tirou a vida da professora do Salesiano, Gislâne Cruz, 26 anos, no prolongamento da Prudente de Morais, ganhou o alvará de soltura da 2ª Vara Criminal de Natal.
 
Ele estava preso desde maio desse ano, após o acidente que vitimou a professora, que morreu na hora com o impacto da batida. Josias estava embriagado no momento da colisão.
 
A determinação de retirar o oficial de justiça da Cadeia Pública de Ceará-Mirim foi da juíza Ingrid Raniele Farias Sandes, que entendeu a demora para a realização de um exame de sanidade mental pedido pela defesa dele configura “constrangimento ilegal”. A perícia está agendada para o dia 15.
 
Na decisão, a juíza também justifica que não há data prevista para realização de audiência de instrução e julgamento.
 
Com informações do Portal No Ar.

Fonte: Grande Ponto