Secretário de Saúde reforça orientações de isolamento conforme carta de conselho

28/03/2020


 
 
O secretário estadual de Saúde do RN, médico Cipriano Maia, reforçou as medidas orientadas pelo Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Saúde do Brasil (Conass) em carta aberta à nação. Preocupados com o pico do coronavírus no Brasil, os gestores orientam a necessidade de isolamento social diante da pandemia que ameaça a saúde e a vida, pois o que estiver acima da capacidade assistencial de leitos representará desassistência, e desassistência, neste caso, significará morte. 
 
“A carta dos secretários de saúde do Brasil expressa um consenso dos gestores do SUS quanto às necessidades de mantermos as medidas de distanciamento social e de proteção das pessoas mais vulneráveis e demonstra ser imperativo a manutenção da unidade na condução do enfrentamento da pandemia para evitar desorientação nas pessoas”, disse o secretário.
 
O Conass está defendendo irrestritamente as medidas sanitárias adotadas pelas unidades federativas do país, por não se pautarem por cores partidárias e sim por critérios técnicos. O mais recente boletim da Sesap aponta a confirmação no RN, de 28 casos e 1.176 suspeitos. Foram descartados 282.