Governo do Estado lança programa RN Chega Junto.para proteção socioassistencial

05/08/2020


 
A governadora Fátima Bezerra assinou o lançamento do programa RN Chega Junto.
 
A ação é voltada à proteção socioassistencial em época de pandemia de povos e comunidades tradicionais, fortalecimento das instituições de longa permanência para idosos (ILPIS), população em situação de rua, refugiados, acolhimento a mulheres vítimas de violência e comunidades LGBTQI+.
 
O RN Chega Junto consiste em seis ações do Governo do RN, através da Sethas, para enfrentamento da Covid-19 com foco na proteção de Povos e Comunidades Tradicionais, população em situação de rua, refugiados, pescadores artesanais, idosos, comunidade LGBT e mulheres em situação de violência.
 
A Ação 01 do RN Chega Junto será de apoio aos municípios na proteção aos Povos e Comunidades Tradicionais com a contratação de uma equipe de assessoria técnica e formação para trabalhadores do SUAS, beneficiando cerca de 500 mil pessoas em 167 municípios.
 
A Ação 2 será de fortalecimento das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIS) no RN em ações de prevenção à Covid e proteção aos 700 idosos acolhidos em 25 instituições de 19 municípios: Natal, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, São José de Mipibu, Arês, Ceará-Mirim, São Tomé, Bom Jesus, Mossoró, Areia Branca, Acari, Jardim do Seridó, Caicó, Currais Novos, São José do Seridó, Jucurutu, Cruzeta, Carnaúba dos Dantas e Caraúbas.
 
A Ação 03 conta com serviços de acolhimento e apoio nutricional para a população em Situação de Rua, Refugiados, Apátridas e migrantes, através de aluguel social, kits de higiene e fornecimento de 1465 refeições aos sábados, domingos e feriados, beneficiando 1.250 pessoas em situação de rua, 250 refugiados e 130 famílias (aluguel social) em Natal, Mossoró, Caicó, São José de Mipibu, Parnamirim e Macaíba.
 
A Ação 04 oferece atendimento psicossocial, jurídico e segurança alimentar para mulheres vítimas de violência doméstica/familiar em unidades de acolhimento com capacidade para 20 pessoas em 165 municípios (não serão contemplados Natal e Parnamirim pois já dispõem de casa de acolhimento).
 
A Ação 05 oferece 60 mil cestas básicas , adquiridas via PECAFES, distribuídas para a população vulnerável (perfil do Cadastro Único), sendo 20 mil cestas no Programa RN+ Unido e 40 mil cestas via RN Chega Junto, distribuídas ao longo de quatro meses.
 
E finalmente, a Ação 06 trata da aquisição da produção de pescadores artesanais (cerca de 45 mil quilos de pescado) e distribuição para 30 famílias (grupos e coletivos) em situação de vulnerabilidade social, num investimento de R$ 300.000,00.
 
Ao todo, o projeto assinado hoje pela Governadora conta com investimento de R$ 8.849.900, sendo R$ 365 mil para povos tradicionais, R$ 1,983 milhões para ILPIS, R$ 1.881.900 para refugiados, R$ 320 mil para mulheres em violência, R$ 4 milhões em cestas básicas e R$300 mil para aquisição de pescado.