Entrevista com Márcia Maia, diretora-presidente da AGN

11/01/2021

Por: Redação do PN

 

 

Nesta segunda-feira (11), o advogado Evandro Borges entrevistou Márcia Maia, diretora-presidente da AGN (Agência de Fomento do Rio Grande do Norte), que é uma instituição financeira pública, cujo objetivo é contribuir para o desenvolvimento do estado. Além de falar sobre sua função na empresa, a ex-deputada estadual (1999 -2019) também discorreu sobre o cenário do empreendedorismo do Rio Grande do Norte.
         
         A AGN é classificada como uma empresa de economia mista, e tem como acionista majoritário o governo do estado. Assim como outras instituições de âmbito público e privado, como Caixa Econômica, Banco do Brasil e Itaú, a agência é regida e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil, e tem como objetivo básico é fortalecer a economia local
 
         Sobre a missão da empresa, Márcia Maia ressalta: “Nossa premissa elementar é o apoio ao empreendedorismo local. Essa não é uma agência em que há correntistas, como tem essas demais instituições financeiras. Portanto, a nossa finalidade é fomentar o desenvolvimento econômico e sustentável, seja no turismo, nas artes, na agricultura, em todo o Rio Grande do Norte”. 
          
        Mesmo com as dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus, a atual diretora da instituição apresenta um cenário positivo no que se refere ao trabalho da agência. Acerca da liberação de créditos, ela afirma: “Nós tivemos uma demanda espontânea muito forte. Fomos procurados pelos empreendedores, que, ao utilizarem todas as suas reservas financeiras, ficaram sem condições de continuar seus negócios se não tivessem recursos, seja para capital de giro ou investimentos. Nós ainda estamos em uma crise econômica devido ao novo coronavírus, mas a AGN, desde o primeiro momento, procurou facilitar o acesso ao crédito. Por isso, nós tivemos um resultado mais favorável do que no ano de 2019, finaliza”
 
Para ver a entrevista na íntegra acesse o link: https://youtu.be/V5Lvs81eCb0