A procradora Ana Cláudia Procópio afirma: “A cidadania brasileira está frágil"

13/01/2021

Por: Redação do PN

 

 

 

Ana Carolina Procópio, colunista da Potiguar Notícias, afirma: “o que existe hoje no Brasil é o primado do ódio e do rancor”.  

Nesta quarta-feira (13), no jornal Potiguar Notícias - Primeira Edição, a jornalista Andrezza Tavares entrevistou a doutora Ana Carolina Monte Procópio, advogada, procuradora federal e colunista do Portal Potiguar Notícias. Ela falou sobre o momento das discussões sobre cidadania e direitos humanos no Brasil.

Segundo a procuradora, essas questões são fundamentais no que se refere aos padrões da civilização contemporânea. Ela entende que há um enfraquecimento da ideia de cidadania em território nacional e enumera os fatores que são responsáveis por essa decadência.

“A cidadania brasileira está fragilizada. Há pelo menos meia década que esse processo vem ocorrendo, sendo muito alimentado por aspectos nefastos como as fake news - seja na mídia tradicional ou nas redes sociais -, além do feminicídio e da polaridade política. Na verdade, o que existe hoje é o primado do ódio, em que as pessoas que pensam diferente se tratam como inimigas, e isso abala sobremaneira o nosso modelo democrático”, enfatiza a colunista

Em relação aos direitos humanos, a magistrada também aponta um declínio na sua observância. "Embora algumas leis permaneçam vigentes, como, por exemplo, a Maria da Penha, e possam significar um aparente avanço, elas não se constituem necessariamente como fatores de proteção. Em outras palavras, apesar de serem construídos novos arcabouços legislativos, eles não são capazes de gerar a segurança necessária que as pessoas precisam”, finaliza.

Para assistir à entrevista,acesse o link: https://youtu.be/4FdnI7VkjsY