"O palanque bolsonarista estava dividido" diz Leo Lopes sobre reeleição Taveira

19/01/2021

Por: Jessyanne Bezerra

 

 

Nesta terça-feira (19), o jornalista Cefas Carvalho entrevistou o presidente do PSOL-Parnamirim, Leo Lopes. Na conversa foram debatidos temas referentes a política, as ultimas eleições e o atual cenário municipal.

Em relação a última eleição, na qual foi candidato a prefeito, Leo Lopes declarou "vemos essa configuração nova, de novos vereadores e eu tenho as minhas observações em relação a isso" e falando especificamente sobre a câmara municipal Lopes afirmou "na minha opinião é uma câmara que fica mais empobrecida ainda, ao longo da trejetória do ano político, eu sinceramente não vi dos dezoito que se elegeram, nada propositivo"

Sobre o tema do cenário atual municipal, o presidente do PSOL-Parnamirim afirmou "Parnamirim é uma cidade com pouco mais de 250 mil habitantes, é grande em proporção, população e terriorialmente mas Parnamirim é mirim, é uma cidade que todo mundo sabe da vida de todo mundo" e complementou  "então essa campanha, os que se elegeram, se elegeram a base de tripé, um desses pés foi o capital, o dinheiro. Todas as campanhas receberam doações, com muitas aspas, financeiras e de certa forma um clientelismo, uma barganha pelos seus serviços públicos" e finalizou dizendo "os que ai estão (na câmara), os que foram eleitos e reeleitos, eu não vi proposta alguma durat

Referente sua análise sobre o prefeito eleito, Rosano Taveira, Leo Lopes declarou "então, é uma engrenagem, foram jogados de uma engenharia política. Como sempre Parnamirim com seu donatário, quem tá no poder, escolhe seu adversário. E com Taveira não foi diferente, isso acontece desde Agnelo Alves. Escolhe-se o adversário político, potencializa ele de certa forma porque sabe que é a pessoa mais frágil para lá na frente atingí-lo com um golpe. E assim seguir adiante com a perpetuação de poder" e complementou "se a oposição tivesse se unido, a diferença seria menos elástica quisá batida. Na realidade, o palanque bolsonarista estava dividido, se esse palanque tivesse unido teria batido de certa forma".

Para conferir a entrevista acesse o link: https://youtu.be/EMgaCuhNJBg