Cajupiranga: Um bairro em expansão

02/02/2021

Por: PROFESSOR ASSIS
 
Há quinze anos Cajupiranga era uma comunidade de moradores que compraram lotes de imobiliárias que lotearam a preço de bagatela. Jamais se pensava que se ver hoje iria acontecer. 
 
O bairro é constituído por cinco grandes loteamentos: o loteamento Cajupiranga, Caminho do mar, Caminho do Atlântico, Sonho verde e Blumenau. 
 
O bairro é cortado pela RN 31 que serve de caminho as praias do litoral potiguar, possui treze áreas verdes onde oito não tem função. Se tem nas outras duas escolas, o CEMEI, a UBS e o poço da CAERN.
 
O “BOOM” do aumento populacional se deu a partir de 2009, quando a caixa econômica começa a financiar construção de imóveis financiados por programas habitacional federal. De uma simples aldeia de algumas dúzias de moradores que não tinham distribuição de água pela CAERN e sistema de iluminação escassa, logo passou a receber centenas com novas casas construídas e financiadas pela CEF.
 
Só assim se ver o comércio crescer no bairro, principalmente na Rua principal do Bairro a “Gilberto Roberto Gomes. A chegada do transporte seis dá mais fomentação aos moradores antigos e novatos, que pegavam lotação ou até iam de motos e bicicletas ao centro de Parnamirim, salvo quem tinha condução (própria) particular, e dava carona, porque não havia condução entrando no bairro.
 
Tínhamos uma pequena padaria e duas mercearias. Logo em seguida a Prefeitura inaugura a Escola Edmo Pinheiro Pinto para atender as crianças do Fundamental I, e depois o CEMEI e a Escola Joana Alves do fundamental II calçamento só no caminho do mar e parte do caminho do Atlântico. Logo chega em parte também no loteamento Cajupiranga, isso na principal e algumas ruas paralelas até a Rua 46 – que é a rua da igreja católica.  
 
O Comércio se expande com o primeiro supermercado na principal e em seguida uma farmácia na mesma rua, que fica junto ao restaurante do neguinho. 
 
Atualmente na parte comercial temos vários galpões na RN 313, entre os loteamentos Caminho do Mar e do Atlântico, um novo posto de gasolina, três armazéns de construção, fabricas de pré moldados e outra de argamassa, oficinas de automóveis nos galpões, fabricas de açaí “Oca Açaí”, duas farmácias vindo outra daqui há trinta dias, temos hoje três supermercados vários salões de beleza e barbearias, pizzaria, bares, o servself tradicional do Neguinho, várias lojas de pets, três depósitos de bebidas e venda de água e gás, oficina de motos, igrejas evangélicas, academias, Lan house do Heres e outros pequenos comércios com lojas de roupas. 
 
Há cinco anos ganhamos uma UBS e o TER de Parnamirim, que fica no loteamento de Sonho Vede, sendo este loteamento o mais sofrido em tudo no bairro, a começar pelas políticas públicas. Neste não há ainda grande parte de pavimentação e só a Escola Joana Alves e com várias dificuldades de entrada da condução 6, sendo que pra ir a farmácia dá ate 2 Km. Dependendo da rua em que morem.
 
Hoje o setor imobiliário está se expandindo com os condomínios de grande porte privado. No bairro já temos quatro grandes com moradores, mais dois em construção e venda. Já se tem promessas da duplicação da RN 31 e da estação do trem em Cajupiranga. Uma aldeia de poucos moradores que se expandiu quase cem vezes mais em uma década e que vem crescendo cada vez mais. 
 
Lembramos também de pioneiros moradores do bairro com Sr. Carlos da Merceaia (falecido a pouco), Bezerra do mercadinho, Sr. Lino, Sr. Jeremias irmão, Sr. Jair Irmão, Dona Francisca, Jr Gás e Água, Assis eletricista, Eliezer motorista, Assos fateiro, Sr. Gringo, Camarão de Sonho verde, Neguinho e outros que viram e vêem o bairro crescer a todo dia.
LEMBRAMOS TAMBÉM DE PIONEIROS MORADORES DO BAIRRO COMO SR. CARLOS DA MERCEARIA( FALECIDO A POUCO), SEVERINO DO CONSELHO DE CAJUPIRANGA, BEZERRA DO MERCADINHO, SR. LINO, SR. JEREMIAMIAS IRMÃO, SR JAIR IRMÃO, DONA FRANCISCA, JR GÁS E AGUA, ASSIS ELETRICISTA, ELIEZER  MOTORISTA, ASSOS FATEIRO, SR ALEMÃO, CAMARÃO  DE SOyNHO VERDE, NEGUINHO E OUTROS QUE VIRAM E VÊEM O BAIRRO CRESCER A TODO DIA.