Fanny Rodrigo lança EP inspirado em "A hora da estrela" de Clarice Lispector

25/02/2021


 
A mais famosa obra da escritora Clarice Lispector "a hora da estrela " serviu como inspiração para o primeiro EP do cantor e compositor Fanny Rodrigo, mas diferente da trágica história da protagonista, o natalense de 27 anos, marca seu momento de estrela não com a morte, mas com a materialização d“A hora de brilhar”. 
 
O entusiasmo com os personagens de Clarice pode ser sentindo em cada uma das 4 faixas que compõem o álbum (os mais aficcionados por Clarice vão conseguir perceber as semelhanças e contradições dos complexos personagens impressos nas composições do jovem estreante). Fanny declara que não aceita morte e não aceita o espaço de ignorância que lhe foi reservado  e decreta: “sou tão grande quanto as pessoas que querem me tornar pequeno”.
 
Há três anos, quando morou em São Paulo, Fanny conheceu a obra de Clarice e foi na metrópole onde se encantou pela música. As idas às bibliotecas públicas revelaram os contrastes com a cidade cinza e a evidenciou a perigosa inocência de Macabéia. Essa revelação trouxe para Fanny um reconhecimento de lugar e foi assim que ele conseguiu se ressignificar e conceber o projeto musical. 
 
Fanny Rodrigo já contribuiu com produções musicais em espetáculos locais e participou do elenco e também contribuiu com os vocais para música tema da trilha sonora de Verde Limão, curta premiado do cineasta potiguar Henrique Dias. 
 
O lançamento virtual do EP acontece quinta-feira (04/03) nas principais plataformas de música. No dia 11 de março o repertório do EP será apresentado em uma performance artística "live - a hora de brilhar " e poderá ser conferida no perfil do cantor no instagram @f4nnyrodrigo.
 
A live A hora de brilhar foi contemplada no edital da diversidade da lei Aldir Blanc.