"As refinarias no Brasil são subaproveitadas", diz diretor do SINDIPETRO/RN

19/03/2021

Por: Redação PN

 

 

         Nesta segunda-feira, às 6h 30, no programa Conexão Potiguar, pela Band Natal em parceria com a TV digital Potiguar Notícias, o jornalista Pinto Junior recebe Ivis Corsino, diretor do SINDIPETRO/RN (Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Norte), que falou sobre o aumento progressivo do preço dos combustíveis, além da postura do sindicato em relação à política atual da Petrobras.

         Segundo o diretor, a política que é imposta pela Petrobras, desde a gestão de Pedro Parente, em 2016, estabelece que o valor dos derivados deve ser equiparado ao preço internacional, em um processo denonimado de "preço de paridade internacional". De acordo com ele, esse sistema adotado pela estatal é o grande vilão da alta de combustíveis atualmente, na medida em que há uma disparidade entre o valor do real e do dólar.

         Em relação ao subaproveitamento das refinarias brasileiras, o sindicalista explica: "a ociosidade das refinarias é um fato incontestável. A decisão de importar petróleo, mesmo havendo em abundância no país, é do governo. Nesse sentido, é possível supor que haja uma questão de 'lobby' entre empresas internacionais, sobretudo americanas, as quais disputam a hegemonia do mercado mundial".

        No que se refere a sua posição crítica à atual política da Petrobras, Ivis Corsino enfatiza: "o que estamos vivendo tem sido angustiante para a categoria de petroleiros, tendo em vista que perdemos muitas vidas nesse ramo, sobretudo nas plataformas. Na verdade, o que mais incomoda é ver tudo isso que construímos durante 70 anos de história da companhia ser entregue a estrangeiros. Inclusive, a categoria, em sua maioria, tem se posicionado em oposição e indignada em relação à administração atual", finaliza.

Para assistir à entrevista, acesse o link: https://youtu.be/NUjKAZeJHTc