"Somos contrários ao descumprimento das regras", diz presidente da ABRASEL

23/03/2021

Por: Redação PN

 

 

         Nesta terça-feira, no jornal Potiguar Notícias - Primeira Edição, a jornalista Heloísa Macedo entrevistou Paolo Passariello, presidente da ABRASEL (Associação de Bares e Restaurantes do Rio Grande do Norte), que falou sobre a situação do setor alimentício neste período de pandemia, além das medidas restritivas por parte da administração pública.

         Segundo o presidente, a associação, em conjunto com as esferas municipal, estadual e federal, está tentando encontrar alternativas viáveis para ajudar o setor, que, durante a pandemia, apresenta uma perda notória de faturamento. Para ele, o ramo alimentício se encontra em uma espécie de "UTI", e necessita do suporte das autoridades competentes.

          Em relação às reuniões realizadas entre o poder público e a ABRASEL, o empresário avalia: "o governo do estado lançou algumas medidas de apoio ao setor de alimentação, mas, infelizmente, essas determinações possuem uma incidência muito baixa. Na verdade, o que foi acordado até agora, no caso da isenção no pagamento de água por três meses e uma linha de crédito por meio da AGN (Agência de Fomento do RN), talvez não seja suficiente. Portanto, precisamos de uma ajuda financeira para pagarmos os funcionários até o dia 5 de abril".

         No que se refere à fiscalização da própria ABRASEL aos bares e restaurantes da cidade, Paolo Passariello ressalta: "embora haja um prejuízo enorme pelo fechamento dos estabelecimentos, nós somos completamente contrários ao descumprimento das regras. Nesse sentido, é preciso haver um autocontrole da da nossa parte, mas também é necessário afirmar que a força policial é insuficiente para garantir uma fiscalização adequada", finaliza.

 

Para assistir à entrevista, acesse o link: https://youtu.be/2zfJ6orbiP4