Vereadora Brisa destina mais de R$ 210 mil para a Cultura em Natal

30/04/2021


Foto: Isadora Mendes

 

Os trabalhadores do setor cultural foram os primeiros a sentir no dia a dia os efeitos econômicos oriundos da pandemia da Covid-19 por todo o Brasil. Em Natal não foi diferente e, diante deste desafio, a vereadora Brisa Bracchi (PT) apresentou uma série de Emendas Orçamentárias que beneficiam o segmento. Ao todo foram cinco Emendas Orçamentárias que representam um montante de R$ 211.251,94 (duzentos e onze mil e duzentos e cinquenta e um reais e noventa e quatro centavos) destinado à Fundação Cultural Capitania das Artes (FUNCARTE), órgão responsável pela Cultura no município de Natal.
 
A maior dessas emendas foi destinada para a realização do Cine Natal 2021, com o intuito de incentivar a produção audiovisual em todas as suas formas e gêneros. Ela é fruto de série de conversas com profissionais do setor e de um pleito histórico do segmento audiovisual da cidade. A produção do Cine Natal tem também papel relevante no que diz respeito aos registros da cidade do Natal, produções estas que expõem Natal para o mundo, colaborando efetivamente na cultura e memória da cidade. O valor total desta Emenda Orçamentária é R$ 100.543,69, que terá o ano de 2021 para ser executada.
 
Outra Emenda Orçamentária voltada para a cultura apresentada por Brisa Bracchi tem por objetivo o desenvolvimento de atividades de qualificação profissional para mulheres produtoras, artistas e técnicas do município de Natal com o valor de R$ 55.243,79. Essa iniciativa contribuirá para aumentar as oportunidades de geração de renda e autonomia das mulheres, que muitas vezes são preteridas de contratações tanto pelo Poder Público quanto pela iniciativa privada; e também para corrigir a desigualdade de gênero no meio artístico e cultural. Sua proposição dialoga com o Projeto de Lei 118/2021, que dispõe sobre a obrigatoriedade de contratação de mulheres artistas, técnicas e produtoras do setor cultural, nos projetos e eventos financiados por recursos públicos, também de autoria da parlamentar.
 
Para a vereadora Brisa, a cultura foi um meio que conectou as pessoas em momentos de distanciamento social. “O primeiro setor a parar presencialmente na pandemia foi o setor cultural. E deverá, provavelmente, ser o último a voltar. Todavia se conseguimos lidar com o distanciamento devemos à arte e à cultura. O que seria de nós sem música, sem séries, filmes...? Lidar com a pandemia sem elas teria sido muito mais difícil. Por isso, entendendo sua importância e também as reivindicações do movimento cultural, seja do audiovisual, da dança, da percussão, do fomento à capacitação das mulheres, não poderíamos nos abster. É por isso que contribuímos através das nossas emendas com a cultura de Natal, para artistas, produtoras, produtores e todo mundo que faz essa roda girar.”
 
Essas emendas passarão a integrar o orçamento do Poder Executivo para que a FUNCARTE execute a partir dos valores que foram destinados pela vereadora.