"Nossa empresa cresceu muito durante a pandemia", afirma Verônica Bezerra

04/05/2021

Por: Redação PN

 

 

         Nesta terça-feira, no jornal Potiguar Notícias - Primeira Edição, a jornalista Heloísa Macedo entrevistou a empresária Verônica Bezerra, proprietária da Metalúrgica e Vidraçaria Jucurutu, que falou sobre a origem de sua empresa, além dos desafios para desenvolver seu negócio neste período de pandemia

         Segundo a empresária, o nome de seu empreendimento se deve ao fato de um desejo de fazer uma homenagem a Jucurutu, município de sua origem, o qual pertence à região do Seridó do Rio Grande do Norte. De acordo com sua avaliação, as raízes são importantes para o desenvolvimento do trabalho, administrado em parceria com seu esposo, e o nome do negócio reflete o caráter familiar que ela preconiza.

         Em relação à sua motivação para se inserir no mundo do empreendedorismo, Verônica Bezerra explica: "na verdade, a influência para a abertura do nosso negócio originou-se por meio de uma experiência familiar, tendo em vista que uma parcela considerável dos parentes de seu marido atuam no mesmo segmento: metalúrgica e vidraçaria.

         No que se refere ao desenvolvimento das atividades da empresa neste momento de crise pandêmica, a empreendedora ressalta: "no princípio da crise, eu confesso que tivemos um pouco de receio, uma vez que algumas famílias dependem do nosso trabalho cotidiano. Por outro lado, diferente de outras categorias, como a dos artistas, por exemplo, que não podem atuar publicamente, nós dispomos dessa possibilidade. Inclusive, felizmente, apesar das dificuldades, nossa empresa cresceu muito neste período, tendo em vista que a construção civil foi uma das áreas mais procuradas por pessoas que, mesmo ociosas em casa, precisavam fazer investimentos, justamente onde entra nossa atuação", finaliza.

 

Para assistir à entrevista,acesse o link: https://youtu.be/MwuM6ztdlVc