Justiça absolve ex-deputado Gilson Moura da acusação de negociação do cargo

05/05/2021


 
O ex-deputado estadual Gilson Moura foi absolvido do processo que apurava suposta negociação do cargo político, no ano de 2010, com o então suplente Edson Siqueira de Lima, o Sargento Siqueira.
 
A renúncia de Moura, efetivada três meses antes do final do mandato, abriu vaga para que Siqueira assumisse, e provocou uma representação do também parlamentar Nelter Queiroz, alegando improbidade administrativa.
 
A decisão proferida na terça- -feira (4) pelo juiz Geraldo Antônio da Mota, entretanto, aponta que “não há nenhum elemento probatório que demonstre que a renúncia do aludido réu tenha sido decorrente de percepção de algum benefício, ou visando pagamento de dívida, ou, ainda para conferir foro especial em outra demanda em favor do requerido Edson Siqueira de Lima”. Apesar da representação, o sargento Siqueira conseguiu assumir o cargo.
 
Essa ação de improbidade, que tramitou na 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, absolveu também o hoje advogado Edson Siqueira.