Projeto de Isolda reconhece Santuário do Lima de Patu como Patrimônio do RN

24/05/2021


 
 
A Comissão de Constituição Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa realizou mais uma reunião para apreciação de matérias que tramitam na Assembleia Legislativa. Uma dessas matérias aprovadas à unanimidade de autoria da deputada Isolda Dantas (PT) que reconhece como patrimônio histórico, cultural, paisagístico, turístico e religioso do Estado do Rio Grande do Norte, o Santuário Nossa Senhora dos Impossíveis, na Serra do Lima, município de Patu/RN, região Oeste.
 
“Muito feliz e honrada em ser autora deste projeto. Eu nasci em Patu e sei da relevância do Lima para os e as patuenses e também para o povo potiguar. Sem dúvidas, uma iniciativa oportuna e importante para fomentação do turismo naquela região e que vem valorizar um dos mais tradicionais patrimônios históricos e religiosos do Estado”, disse Isolda.
 
O município de Patu, mantém a forte tradição religiosa e recebe, todos os anos no mês de novembro, centenas de romeiros que visitam o Santuário na Serra do Lima, uma das maiores romarias do Nordeste, em devoção à Nossa Senhora dos Impossíveis. Outro destaque turístico é a peregrinação dos vaqueiros no mês de março e o artesanato de bordados e pinturas em telas.
 
A história do Santuário do Lima teve início no ano 1758 e está localizado a 6km da zona urbana de Patu. Atualmente, o Santuário detém o título honorífico de 13º Basílica do Brasil e é considerado uma das sete maravilhas do estado do Rio Grande do Norte e um dos maiores locais de religiosidade do Nordeste Brasileiro.