Perfil do Prof. Dr. Moisés Nunes da Silva: biografia de curta duração

26/05/2021

Por: Dra. Ilane Ferreira Cavalcante (PPGEP/IFRN)
Foto: Dr. Moisés Nunes da Silva (PPGEP/IFRN)

 

Perfil do Professor Dr. Moisés Nunes da Silva: A intenção do PPGEP é afirmar o campo epistêmico da Educação Profissional!

 

    Perfil jornalístico sobre o Professor Moisés Nunes da Silva, Doutor em Ciências da Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e docente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), em Natal/RN. Esta produção de jornalismo literário compreende uma atividade de autoria coletiva realizada por Ilane Ferreira Cavalcante, Cristiane de Brito Cruz e Ana Lídia Oliveira, pesquisadoras vinculadas ao Programa de Pós-Graduação Acadêmica em Educação Profissional (PPGEP) do IFRN.  O perfil do professor Moisés Nunes da Silva realça a sua história e a atuação no IFRN até o momento atual, destacando as atividades desenvolvidas como professor e gestor do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP).

      O professor José Moisés Nunes da Silva é licenciado em Matemática e bacharel em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Fez especialização em Auditoria na PUC-MG e em PROEJA, no IFRN. Seu mestrado foi em Desenvolvimento Regional na UFAM e o doutorado em Educação na UFRN. Ingressou no serviço público em 2 de janeiro de 1980 na então denominada Escola Técnica Federal do Amazonas (ETFAM), hoje, Instituto Federal do Amazonas (IFAM). Em 2008 fez redistribuição para o IFRN onde atua desde 1 de agosto de 2008.

     Quando chegou, em 2008, ele lembra que veio apenas com mestrado e, em 2011, já ingressou no doutorado por meio de um convênio que o Instituto realizou com a UFRN. O IFRN, como as demais instituições, sempre promove formação continuada não só para docentes, mas também para todos os técnicos administrativos. Ainda nesse campo da formação continuada, há a possibilidade de participação em diversos eventos nacionais, internacionais, regionais e as reuniões pedagógicas. Todas essas atividades o professor Moisés entende como processos de formação continuada pois “nelas se discute diversos aspectos inerentes à educação e que podem contribuir para o fazer docente e, particularmente, para o fazer pedagógico em sala de aula”.

   O professor atua em diferentes níveis e modalidades do currículo do IFRN: ensino médio integrado, subsequente, licenciaturas e pós-graduação. Sobre essas vivências profissionais lembra do curso de Segurança do Trabalho, do curso de Comércio Exterior, da Licenciatura em Matemática e também que tem atuado nos cursos oferecidos pelo PPGEP.

     O professor Moisés lembra que, na ETFAM/CEFET-AM se envolveu, por diversas vezes em atividades de gestão, foi coordenador de planejamento, diretor de administração, diretor de ensino, coordenador do ensino médio e coordenador de Matemática. Ao chegar ao IFRN, além da sala de aula, ele também trabalhou na Pró-reitoria de Administração por quatro anos e destaca que nas atividades administrativas sempre se aprende alguma coisa que se vincula à docência, ao fazer didático e à sala de aula, e até mesmo para a formação pessoal e profissional. Atualmente, é coordenador da educação superior (COESUP) do Campus Central do IFRN. No Programa de Pós-graduação em Educação Profissional (PPGEP), o professor Moisés foi vice-coordenador em duas gestões, inclusive, no tempo corrente.

     O professor sempre se envolveu com grupos de pesquisa, sendo membro, desde 2010, do Núcleo de Pesquisa em Educação (NUPED) que é coordenado pelo professor Dante Moura e vem desenvolvendo diversas pesquisas no âmbito da educação profissional, do ensino médio, da educação de jovens e adultos e da formação de professores que têm impacto direto no que ele faz como professor em sala de aula.

      Ele passou a atuar no PPGEP em 2017, por meio de um edital de credenciamento. O professor Moisés lembra que “o PPGEP ainda é uma criança, pois é um Programa novinho, próximo de uma década. Ainda não está consolidado, e conta com grande participação não só de estudantes oriundos das licenciaturas e dos cursos de tecnologia do IFRN, como também dos servidores técnicos administrativos, o que representa uma relação direta com as licenciaturas e graduações do IFRN”. Além disso, destaca que “o PPGEP tem buscado dialogar com os demais Institutos Federais para que venham participar dos cursos de mestrado e doutorado e, assim, ampliar o campo epistêmico da educação profissional”.

     Em relação ao panorama nacional da pós-graduação no país, o professor Moisés lembra que o PPGEP enfrenta um grande desafio, pois o campo da educação profissional ainda não é consolidado, então é necessário desenvolver pesquisas, produções consistentes para que esse campo se torne uma referência. Quem atua nos Institutos Federais fala muito sobre educação profissional, mas os fundamentos da educação para esse campo, os princípios que a permeiam e a própria função dessa concepção de educação em si, historicamente falando, não são abordados ainda em trabalhos e em pesquisas que dêem conta de discutir a totalidade dos aspectos que envolvem essa área. Isso se coloca como a intenção central que o PPGEP visiona alcançar.

 

 

Fonte: Dr. Moisés Nunes da Silva (PPGEP/IFRN)