Ex-presidente da Anvisa sobre Bolsonaro: “Ignorante!”

16/06/2021

Por: Otávio Albuquerque

 

 

 


O ex-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o médico sanitarista Vecina Neto atacou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pela sua declaração desqualificando a eficácia da vacina da Coronavac. O chefe do executivo federal afirmou, em entrevista nesta terça-feira, que a vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan e pela companhia biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech não tem comprovação científica.


Para contrariar a declaração de Bolsonaro, Vecina apresentou resultados favoráveis da vacinação na cidade de Serrana, no interior do estado de São Paulo, além de ratificar a necessidade da imunização em massa para a contenção da taxa de óbitos proveniente da pandemia da covid.


Nesse sentido, o médico apontou consequências nefastas para a população, se eventualmente o processo de vacinação não fosse contemplado. "Não vacinar implica em morrer, e é isso que este presidente está propondo para nós, 'vamos morrer, CoronaVac é uma vacina ruim'. Ruim é a cabeça dele", afirmou.


Além das críticas reiteradas às vacinas e a defesa a medicamentos que não possuem eficácia comprovada cientificamente, o atual presidente da república também adota um discurso do não uso da máscara obrigatória para aqueles que já foram imunizados contra o coronavírus.