Perfil da Profa. Dra. Kadydja Karla N. Chagas: biografia de curta duração

18/06/2021

Por: Dra. Ilane Ferreira Cavalcante (PPGEP/IFRN) & Dra. Andrezza Tavares (PPGEP/IFRN)
Foto: Kadydja Karla Nascimento Chagas (PPGEP/IFRN)

 

Perfil da Professora Dra. Kadydja Karla: jornada do campo da educação física para o campo da educação profissional vinculada ao PPGEP/IFRN

     A professora Kadydja Karla Nascimento Chagas

tem como formação inicial licenciatura plena em Educação Física na UFRN, como aluna do curso foi bolsista CNPq nas pesquisas sobre corporeidade sob orientação da professora Kátia Brandão Cavalcanti. A partir daí começou a trilhar e aprofundar os estudos na área de lazer e esporte com especificidade em metodologias. Após a graduação fez uma pós-graduação lato sensu em fisiologia do exercício na Universidade Veiga de Almeida/RJ, em seguida, ingressou na pós-graduação stricto sensu, cursando mestrado e doutorado em educação na UFRN, desenvolvendo pesquisas em produção de conhecimento e metodologias lúdicas. Com a realização de projetos de pesquisa no IFRN, ingressou no pós-doutoramento na UMINHO no Instituto de Ciências Sociais - ICS, desenvolvendo estudos relacionados à produção científica e ao tempo investido para produção do conhecimento. Após a conclusão do pós-doutoramento na UMINHO, para continuidade da investigação científica sobre a qualidade da produção científica, ingressou em outro pós-doutorado no PPGEP/IFRN, no qual os estudos se direcionaram para a realidade e perspectivas da produção e divulgação científica em programas de pós-graduação stricto sensu a partir dos critérios CAPES.

    Antes de assumir a docência no IFRN, foi professora da Rede de Ensino Municipal de Natal e de escolas privadas. Nesse âmbito procurou contribuir com a proposta de construção da matriz curricular e capacitação na área de educação física junto ao município de Natal e no Estado do RN.

     A professora afirma que escolheu a docência pela alegria de ensinar e aprender diariamente. Pela necessidade de partilhas e aproximação com os estudos relacionados à formação e autoformação humana. Pela capacidade de sermos humanos e como essa construção poderia se dá pela via lúdica no ambiente escolar e pela satisfação de evidenciar metodologias que focassem na aprendizagem com alegria e com leveza. Ressalta o diálogo sobre a construção do conhecimento com razão e sensibilidade, com labor e amor, na perspectiva do trabalho coletivo de forma criativa e produtiva.

     Seu ingresso na docência no IFRN se deu em 2009, quando foi aprovada em concurso público, iniciando sua atuação no Campus Santa Cruz. Um ano depois foi remanejada para o Campus Natal Cidade Alta, onde, atualmente, desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão.

     No IFRN desenvolve atividades de ensino em cursos como o Técnico Integrado em Lazer, Tecnologia em Gestão Desportiva e de Lazer, Especialização em Programas e Projeto em Esporte e Lazer na Escola e na Pós-graduação Stricto Sensu nos Programas PPGEP e PPGUSRN.

     Também buscou atuar em vários âmbitos dentro da instituição, desenvolvendo atividades relacionadas ao ensino, pesquisa e extensão com partilhas de estudos e desenvolvimento de atividades com os colegas do IFRN; aprendendo com os alunos no cotidiano; trocando experiências com as parcerias nacionais e internacionais para melhor desenvolvimento de ações no ensino, na pesquisa e extensão; assim como coordenando cursos de graduação e pós-graduação em esporte e lazer; coordenando pesquisa; coordenando a Editora IFRN; coordenando projetos de extensão e de pesquisa; liderando o grupo de pesquisa em lazer, esporte e sociedade (GPLES) e o grupo de pesquisa em Sustentabilidade e Gestão dos Recursos Naturais; substituindo de forma eventual o Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação; publicando livros, capítulos de livros e artigos científicos; coordenando o laboratório lúdico para formação humana (LUPA); coordenando o núcleo de prática profissional – Brinquedoteca IFRN/CAL; representando o IFRN na articulação entre IFRN e UMINHO nas pesquisa de doutoramento na área de ciências sociais; coordenando o protocolo IFRN e UMINHO em programas de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado; coordenando o Programa Segundo Tempo Paradesporto – do Ministério da Cidadania; coordenando o Projeto Brincando com Esporte – do Ministério do Esporte; coordenando o Laboratório de Ludicidade para Autoformação (LUPA); atuando como investigadora visitante no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade - CECS e   Instituto de Ciências Sociais – ICS – na Universidade do Minho – UMINHO.

     A professora ressalta que todos os trabalhos que desenvolve desde 2009 apresentam como foco as relações humanas, a formação para a vida, o desenvolvimento e a aprendizagem pelas vivências do cotidiano, pela via de um trabalho colaborativo e em equipe.

    Sua atuação no PPGEP/IFRN está se iniciando a partir de edital para credenciamento ao corpo docente permanente do PPGEP para os cursos de doutorado e mestrado (Edital 03/2021). Ela acredita que o programa contribui com diálogo e reflexões na área de Educação Profissional junto aos colegas da gestão, além de com o corpo docente e discente. Na convivência acadêmica o programa tem relevância nos percursos da formação humana e de produção científica em nível de pós-graduação, assim como nos processos de construção e reconhecimento da identidade profissional e da prática docente.

    O PPGEP é um programa que oportuniza capacitação com estudo e aprofundamento em Educação Profissional, promovendo a continuação da formação acadêmica, profissional e tecnológica. A verticalização para os estudantes proporciona avanço dos diferentes níveis de ensino na instituição, possibilitando espaços múltiplos para a construção do conhecimento. Também contribui no processo de formação científica e humana em diversas áreas de conhecimento, ao promover reflexões sobre a educação profissional. Finaliza lembrando que o PPGEP é referência na produção e difusão de conhecimentos científicos, desenvolvendo atividades de pesquisa que são reconhecidas em âmbito nacional e internacional.

 

 

Fonte: Kadydja Karla Nascimento Chagas (PPGEP/IFRN)