Mariana Vieira lança ´Poética dos absurdos`, sobre liberdade e claustro

22/06/2021


 
É feita de contrastes a nova obra de Mariana Vieira, autora que também jurista e letrista. Neste novo projeto, ela convida o leitor a revisitar os sentidos por meio de uma escrita intensa e cativante. Poética dos absurdos, que reúne os poemas da autora, está sendo lançado pela Editora Penalux. 
 
Segundo Mariana, o livro concentra “a profusão de desejos de expansão, de fuga do exílio imposto, da vivência dos afetos postos em xeque”. E mais: “Propõe uma reinvenção e redenção das nossas humanidades por meio da arte, da poesia”.
 
A temática não poderia ter mais relação com a atual situação pandêmica. A obra, que foi gestada em plena pandemia em 2020, explora os paradoxos que o mundo viveu (e vive) por estar em um momento de extremos, pela experienciação do claustro e da liberdade, da escassez de coisas e da abundância dos sentidos, do essencial, das relações vividas à distância durante o isolamento social.
 
“O título do livro remete à viabilidade lírica que pode existir entre as contradições que vivenciamos neste período: o claustro e a liberdade, a escassez de coisas e a abundância dos sentidos, do essencial e as relações vividas à distância durante o isolamento social”, relata a autora.
 
De acordo com Vieira, a capa tem um significado bastante profundo e uma ligação íntima com os contrastes presentes na poesia: “Na capa, o peixe que flutua de modo surrealista num solo desértico, remete à ideia do frescor artístico que empresta as cores à aridez do caos”, esclarece.
 
Ainda sobre o conteúdo da obra, a autora explica que “o livro traz em sua gênese o universo paradoxal da vida, das relações e dos desafios existenciais diante do isolamento imposto pela realidade pandêmica, ou mesmo qualquer outra, que nos sentencie uma pena de degredo existencial”.
 
Eduardo Pastore, autor que assina o texto de orelha do livro, diz que “Mariana definitivamente ama as palavras”, pois possui “intimidade de quem convive, relaciona-se, com as palavras e o faz com maestria e sensibilidade”. E complementa: “Poética dos Absurdos é uma profusão de encantamentos, o encontro da poetisa consigo e com o leitor, num lugar em que, por meio da escrita delicada e lancinante, ela nos presenteia com a sensação física de liberdade e deslumbramento poético, levados à reflexão, ao salvo conduto de nós mesmos. [...] Poética dos Absurdos é o relato de uma alma desassossegada, mensageira do calor de viver, como é o espírito de Mariana. [...] É por esta razão que as palavras lhe rendem homenagem, como se reverenciassem o momento em que a poetisa as torna reais. Este é o convite que faço a todos os que desejam se aquecer com a Poética dos Absurdos”.
 
O novo livro de Mariana Vieira é uma obra que revisita as raízes poéticas da literatura brasileira em versos descritivos, que conduzem o leitor a uma experiência sensorial aguda e visceral.
 
O lançamento da obra ocorrerá de forma virtual, no canal da Editora Penalux (YouTube). Será no último domingo deste mês, dia 27, às 18h. 
 
Uma das poesias do livro:
 
PARA NIETZSCHE
“Não temo o abismo que me olha, 
Mas as memórias de suas pedras.
Não me apavoram os monstros que vejo,
Mas as insônias que imagino.
Não me assombram as certezas sobre a morte
Mas as dúvidas sobre estar vivo.”
 
SERVIÇO
 
Já em pré-venda no site da Editora Penalux.
Poética dos absurdos, Mariana Vieira – poesia (128 p.; 14x21), R$40,00 (Penalux, 2021).
Link para compra: 
https://www.editorapenalux.com.br/loja/poetica-dos-absurdos
 
Para saber mais sobre o trabalho da autora:
 
E-mail: marianavieiraescritora@gmail.com
Facebook: facebook.com/marianavieiraescritora
Instagram: @marianavieiraescritora e @linhoeletras
Site: observatoriodacomunicacao.org.br/tag/mariana-vieira/