Tarcísio Meira morre aos 85 anos vítima de Covid-19

12/08/2021

Por: Jessyanne Bezerra
Foto: TV Globo

 

Morreu aos 85 anos, nesta quinta-feira (12), o grande ator Tarcísio Meira, por complicações da Covid-19. A informação foi veiculada pela revista Quem.

O artista estava internado na UTI desde o dia 6 de agosto, entubado e com a esposa, Gloria Menezes. A mulher do ator está se recuperando da Covid-19. Eles estavam juntos há 61 anos.

Uma perda inestimável para a arte brasileira, o grande ator Tarcísio Meira é mais uma vítima dentre os mais de 566 mil mortos da pandemia.

A arte perde Tarcísio Meira, um dos maiores atores que a cultura brasileira teve.

Considerado um dos maiores atores da dramaturgia, Tarcísio nasceu em outubro de 1935, em São Paulo. Ele começou a carreira artística no final dos anos 1950 no teatro, em peças como Chá e Simpatia e Quando As Paredes Falam, ambas em 1957.

Tarcísio estreou na TV Tupi em 1959 no teleteatro Noites Brancas. Dois anos depois, contracenou primeira vez com Glória Menezes em Uma Pires Camargo, em 1961, de Geraldo Vietri. Os dois se casaram no ano seguinte. Único filho do casal, Tarcísio Filho nasceu em 1964.

Na Excelsior, o ator se destacou pela atuação com a mulher em 2-5499 Ocupado (1963), de Dulce Santucci, e fez mais nove trabalhos da emissora. Em 1967, eles fizeram sua estreia na Globo em Sangue e Areia e se consagraram como um dos casais favoritos da TV brasileira.

Entre novelas, séries e teleteatros, Tarcísio carimbou seu nome em mais de 60 trabalhos. Entre os títulos mais marcantes estão Saramandaia (1976), Roque Santeiro (1985), Araponga (1990), Fera Ferida (1993), O Rei do Gado (1996), Hilda Furacão (1998), O Beijo do Vampiro (2002), A Favorita (2008), e Velho Chico (2016). Seu último trabalho na TV foi a novela global Orgulho e Paixão (2018), na pele de um industrial inglês.

 

Fonte: Contêm dados da revista Quem