Rico debate sobre temas urgentes à sociedade no 2º Encontro dos Docentes da UFRN

10/09/2021


 

Com a mesa temática “Cenário político, econômico e social no Brasil pandêmico e defesa da Democracia e dos Direitos Humanos” teve início na manhã de hoje (10) o último dia de programação do 2º Encontro dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

A discussão, mediada por Oswaldo Negrão, presidente do ADURN-Sindicato, contou com a participação da professora Rosangela Gonçalves de Oliveira, representante do Sindiedutec, do professor Wellington Duarte, vice-presidente do PROIFES-Federação, e de Roberval Pinheiro, diretor do ADURN-Sindicato.

Após abertura feita por Oswaldo Negrão, os convidados trouxeram questões importantes a serem pensadas e enfrentadas pela categoria docente e pela sociedade de uma forma geral. Em sua fala, Wellington Duarte enfatizou que “a educação, desde o governo Temer - mas aprofundado pela gestão Bolsonaro - tem se tornado o principal alvo do Governo Federal”, o qual encara o campo, e mais especificamente a educação pública superior, “como um inimigo a ser combatido, eliminado”.

Rosangela Gonçalves, por sua vez, fez críticas contundentes à condução da pandemia que privilegiou a economia em detrimento da vida: "se, ao contrário disso, a gente tivesse feito campanha e adquirido vacina com tempo hábil, dado suporte para as famílias mais vulneráveis, com certeza o nosso ranking de mortalidade seria bem menor". "Mas as ações foram opostas", falou Rosangela sobre o que seria esperado do Governo Federal na pandemia. "Adotaram uma perspectiva econômica, com uma visão do que é a economia, desprovida de pessoas", concluiu. Sobre o mesmo assunto, Duarte complementou dizendo que “as pessoas são transformadas em números e depois transformadas em gráficos. E essas relações matemáticas fazem com que esqueçam o ser humano”.

Alinhado às discussões trazidas pelos convidados anteriores e citando o estudo “Impactos sociais da pandemia da Covid-19 no Brasil”, Roberval Pinheiro trouxe provocações acerca do que os números atuais nos falam sobre a realidade do Brasil. O diretor do ADURN-Sindicato finalizou reforçando que "não podemos trabalhar a questão da pandemia como um vírus que, sozinho, consegue promover esses impactos. Não podemos, também, relativizar ou universalizar essa crise sanitária”, como temos observado nas atitudes do Governo Federal.

As falas completas dos convidados desta mesa podem ser acessadas, na íntegra, no vídeo clicando aqui.

A última mesa temática, intitulada “Organização do movimento sindical frente aos novos desafios”, recebeu o professor Victor Rodrigues, do SINTEF/PB, e teve mediação de Mercês Fátima e Alex Reinecke, diretores do ADURN-Sindicato. Um resumo da discussão pode ser acessado aqui e a fala, na íntegra, está disponível no canal do YouTube do Sindicato.

O 2º Encontro dos Docentes da UFRN trata-se de uma etapa preparatória para o XVII Encontro Nacional do PROIFES-Federação, que vai acontecer de 03 a 05 de novembro de 2021. Ao final do evento, será produzido um documento com as propostas discutidas localmente pela categoria para ser debatido e consolidado no Encontro Nacional.