Ex-governador Lavoisier Maia morre aos 93 anos em Natal

11/10/2021


 
O ex-governador do Rio Grande do Norte, Lavoisier Maia Sobrinho, morreu nesta segunda (11) aos 93 anos, em  em Natal. Ele sofreu uma Sepse generalizada, resposta do organismo a uma infecção.
 
Lavô, como era conhecido, era médico e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Ele foi o 44º governador do estado e exerceu o mandato no período de 15 de março de 1979 a 14 de maio de 1982. Também foi senador, deputado federal por dois mandatos e deputado estadual. Além da esposa, o ex-governador deixa órfãos 4 filhos: Ana Cristina, Márcia, Lauro e Cintia Maia, 13 netos e 3 bisnetos. Lavoisier completou 93 anos nesse último sábado (9).
 
Nasceu em Almino Afonso (RN). Fez medicina na Universidade Federal da Bahia, de onde voltou ao RN e seguiu carreira e, também, foi professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde chegou a ser diretor da Maternidade Escola Januário Cicco.
 
Iniciou carreira pública como Secretário estadual de Saúde, no governo de Tarcísio Maia – de quem era primo. Em partidos políticos, esteve sempre ligado aos que seguiram a antiga ARENA, PDS e depois PFL. Por último, foi filiado ao PSB. Entre 1979 e 1982 foi governador do RN e apoiou o seu sucessor, José Agripino.
 
Nas eleições de 1998, Lavô foi eleito deputado federal pelo PFL e em 2002, ficou na primeira suplência – foi efetivado na vaga quando o então deputado federal, Iberê Ferreira foi eleito vice-governador na chapa com Wilma de Faria (com quem Lavoisier foi casado e teve quatro filhos). Em 2006, participou de sua última eleição e ocupou a cadeira de deputado estadual pelo PSB, com apoio da ex-mulher e então governadora do RN, Wilma de Faria.
 
 
 

Fonte: Com informações do Saiba Mais