Lula quer vingança contra a Globo?

18/10/2021

Por: Otávio Albuquerque
Foto: poder360.com.br

 

De acordo com o jornalista Ricardo Noblat, o ex-presidente Lula, enquanto candidato à presidência da República, não vai conceder entrevistas para a Rede Globo. No entanto, o líder petista garantiu que irá participar dos debates com os outros postulantes ao Palácio do Planalto, independentemente da emissora que estiver organizando o encontro.


De acordo com fontes consultadas por Noblat, a decisão de Lula em não falar com a principal rede de TV do país se constitui como uma "questão de honra". Nesse sentido, Lula e a cúpula petista entendem que a emissora carioca se excedeu nos ataques ao ex-presidente, além de negligenciar alguns fatos importantes do processo da Lava-Jato, que culminou na condenação e prisão de Lula por 580 dias em Curitiba.


Ainda conforme os relatos dos assessores, o pedido do ex-mandatário da nação foi aceito prontamente pela maioria das lideranças da legenda. Embora não representem tanta resistência, algumas vozes dissidentes foram ouvidas pelo jornalista, mas pediram que suas identidades não fossem expostas publicamente, a fim de não gerar instabilidade interna. 


No que concerne aos motivos que suscitaram sua atitude, Lula declara que não guarda mágoas daqueles que o atacaram, embora admita que só mudará de opinião caso a TV Globo faça uma retratação de sua conduta no âmbito público. Em outras palavras, se a emissora carioca não pedir desculpas das críticas que disseminou contra o petista, não haverá possibilidade de diálogo.